PRIMEIRA CARTA DE
JOÃO

O assunto principal da Primeira Carta de João é o amor: o amor de Deus para conosco e o amor que devemos ter uns pelos outros. “Deus é amor. Quem vive no amor vive unido com Deus, e Deus vive unido com ele” (4 v. 16). Deus também é luz, e nós devemos sempre viver na luz e assim estaremos unidos uns com os outros (1 v .7; 2 v. 9-11). O autor também previne os seus leitores contra a falsa doutrina de que Jesus Cristo não se tornou homem realmente, mas tinha a aparência de homem (2 v. 22-23; 4 v .1-3; 5 v .6-9). Essa falsa doutrina, diz o autor, vem do espírito do inimigo, o espírito do erro.

Nem nesta carta nem nas duas seguintes aparece o nome do autor. Por causa dos assuntos tratados e por causa da maneira de escraver do autor, as três cartas logo começaram a ser chamadas de “Carta de João”, querendo-se dizer com isso que foram escritas pelo autor do Evangelho de João.

A PALAVRA DA VIDA

"Estamos escrevendo a vocês a respeito da Palavra da vida, que existiu desde a criação do mundo. Nós a ouvimos e com os nossos próprios olhos a vimos. De fato, nós a vimos, e as nossas mãos tocaram nela. Quando essa vida apareceu, nós a vimos. É por isso que agora falamos dela e anunciamos a vocês a vida eterna que estava com o Pai e que nos foi revelada. Contamos a vocês o que vimos e ouvimos para que vocês estejam unidos conosco, assim como nós estamos unidos com o Pai e com Jesus Cristo, o Seu Filho. Escrevemos isso para que a nossa alegria seja completa.

A mensagem que Cristo nos deu e que anunciamos a vocês é esta: Deus é luz, e não há Nele nenhuma escuridão. Portanto, se dizemos que estamos unidos com Deus e ao mesmo tempo vivemos na escuridão, então estamos mentindo com palavras e ações. Porém, se vivemos na luz, como Deus está na luz, então estamos unidos uns com os outros, e o sangue de Jesus, o seu Filho, nos limpa de todo pecado.

Se dizemos que não temos pecados, estamos nos enganando, e não há verdade em nós. Mas, se confessarmos os nossos pecados a Deus, Ele cumprirá a Sua promessa e fará o que é correto: Ele perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda maldade. Se dizemos que não temos cometido pecados, fazemos de Deus um mentiroso, e a Sua mensagem não está em nós."
(I JOÃO 1 v. 1-10)

CRISTO NOS AJUDA

"Meus filhinhos, escrevo isso a vocês para que não pequem. Porém, se alguém pecar, temos Jesus Cristo, que faz o que é correto; Ele nos defende diante do Pai. É por meio do próprio Jesus Cristo que os nossos pecados são perdoados. E não somente os nossos, mas também os pecados do mundo inteiro.

Se obedecemos aos mandamentos de Deus, então temos certeza de que o conhecemos. Se alguém diz: 'Eu o conheço', mas não obedece aos Seus mandamentos, é mentiroso, e não há verdade nele. Porém, se obedecemos aos ensinamentos de Deus, sabemos que amamos a Deus de todo o nosso coração. É assim que podemos ter certeza de que estamos vivendo unidos com Deus: Quem diz que vive unido com Deus deve viver como Jesus Cristo viveu." (I JOÃO 2 v. 1-6)

O NOVO MANDAMENTO

"Meus queridos amigos, este mandamento que estou dando a vocês não é novo. É o mandamento antigo, aquele que vocês receberam lá no começo. O mandamento antigo é a mensagem que vocês já ouviram. Porém o mandamento que eu estou dando a vocês é novo porque a sua verdade é vista em Cristo e também em vocês. Pois a escuridão está passando, e já está brilhando a verdadeira luz.

Quem diz que vive na luz e odeia o seu irmão está na escuridão até agora. Quem ama o seu irmão vive na luz, e não há nessa pessoa nada que leve alguém a pecar. Mas quem odeia o seu irmão está na escuridão, anda nela e não sabe para onde está indo, porque a escuridão não deixa que essa pessoa enxergue.

Filhinhos, escrevo a vocês porque os seus pecados são perdoados por causa de Cristo. Pais, escrevo a vocês porque conhecem aquele que existiu desde a criação do mundo. Jovens, escrevo a vocês porque vocês têm vencido o Maligno.

Escrevo a vocês, filhinhos, porque conhecem o Pai. Escrevo a vocês, pais, porque conhecem aquele que existiu desde a criação do mundo. Escrevo a vocês, jovens, porque são fortes. A mensagem de Deus vive em vocês, e vocês já venceram o Maligno. Não amem o mundo, nem as coisas que há nele. Se vocês amam o mundo, não amam a Deus, o Pai. Nada que é deste mundo vem do Pai. Os maus desejos da natureza humana, a vontade de ter o que agrada aos olhos e o orgulho pelas coisas da vida, tudo isso não vem do Pai, mas do mundo.E o mundo passa, com tudo aquilo que as pessoas cobiçam; porém aquele que faz a vontade de Deus vive para sempre." (I JOÃO 2 v. 7-17)

O INIMIGO DE CRISTO

"Meus filhinhos, o fim está perto. Vocês ouviram dizer que o Inimigo de Cristo vem. Pois agora muitos inimigos de Cristo já têm aparecido, e por isso sabemos que o fim está chegando.  De fato, essas pessoas nos deixaram porque não eram do nosso grupo. Se fossem do nosso grupo, teriam ficado conosco. Mas elas nos deixaram para que ficasse bem claro que nenhuma delas pertencia mesmo ao nosso grupo.

Porém sobre vocês Cristo tem derramado o Espírito Santo, e por isso todos vocês conhecem a verdade. Portanto, eu escrevo a vocês, mas não é porque não conhecem a verdade. Pelo contrário, é porque a conhecem e sabem que nunca nenhuma mentira vem da verdade.

Então quem é mentiroso? É aquele que diz que Jesus não é o Messias. Quem diz isso é o Inimigo de Cristo; ele rejeita tanto o Pai como o Filho. Pois quem rejeita o Filho rejeita também o Pai; e quem aceita o Filho tem também o Pai.

Por isso guardem no coração a mensagem que ouviram desde o começo. Se aquilo que ouviram desde o começo ficar no coração de vocês, então viverão sempre unidos com o Filho e com o Pai. E o que o próprio Cristo prometeu dar a todos nós foi isto: a vida eterna.

Eu estou escrevendo isso a vocês a respeito dos que estão tentando enganá-los. Mas sobre vocês Cristo tem derramado o Seu Espírito. Enquanto o Seu Espírito estiver em vocês, não é preciso que ninguém os ensine. Pois o Espírito ensina a respeito de tudo, e os seus ensinamentos não são falsos, mas verdadeiros. Portanto, obedeçam aos ensinamentos do Espírito e continuem unidos com Cristo.

Sim, meus filhinhos, continuem unidos com Cristo, para que possamos estar cheios de coragem no dia em que Ele vier. Assim não precisaremos ficar com vergonha e nos esconder dele naquele dia. Já que vocês sabem que Cristo sempre fez o que é correto, devem saber também que quem faz o que é correto é filho de Deus." (I JOÃO 2 v. 18-29)

FILHOS DE DEUS

"Vejam como é grande o amor do Pai por nós! O Seu amor é tão grande, que somos chamados de filhos de Deus e somos, de fato, Seus filhos. É por isso que o mundo não nos conhece, pois não conheceu a Deus. Meus amigos, agora nós somos filhos de Deus, mas ainda não sabemos o que vamos ser. Porém sabemos isto: quando Cristo aparecer, ficaremos parecidos com Ele, pois o veremos como Ele realmente é. E todo aquele que tem essa esperança em Cristo purifica-se a si mesmo, assim como Cristo é puro.

Quem peca é culpado de quebrar a lei de Deus, porque o pecado é a quebra da lei. Vocês já sabem que Cristo veio para tirar os pecados e que Ele não tem nenhum pecado. Assim, quem vive unido com Cristo não continua pecando. Porém quem continua pecando nunca o viu e nunca o conheceu.

Meus filhinhos, não deixem que ninguém os engane. Aquele que faz o que é correto é correto, assim como Cristo é correto. Quem continua pecando pertence ao Diabo porque o Diabo peca desde a criação do mundo. E o Filho de Deus veio para isto: para destruir o que o Diabo tem feito. Quem é filho de Deus não continua pecando, porque a vida que Deus dá permanece nessa pessoa. E ela não pode continuar pecando, porque Deus é o seu Pai. A diferença clara que existe entre os filhos de Deus e os filhos do Diabo é esta: quem não faz o que é correto ou não ama o seu irmão não é filho de Deus." (I JOÃO 3 v. 1-10)

AMEMOS UNS AOS OUTROS

"A mensagem que vocês ouviram desde o princípio é esta: que nos amemos uns aos outros.  Não sejamos como Caim, que pertencia ao Maligno e matou o próprio irmão. E por que o matou? Porque o que Caim fazia era mau, e o que o seu irmão fazia era bom.

Meus irmãos, não estranhem se as pessoas do mundo os odeiam. Nós sabemos que já passamos da morte para a vida e sabemos isso porque amamos os nossos irmãos. Quem não ama está ainda morto. Quem odeia o seu irmão é assassino, e vocês sabem que nenhum assassino tem em si a vida eterna. Sabemos o que é o amor por causa disto: Cristo deu a Sua vida por nós. Por isso nós também devemos dar a nossa vida pelos nossos irmãos. Se alguém é rico e vê o seu irmão passando necessidade, mas fecha o seu coração para essa pessoa, como pode afirmar que, de fato, ama a Deus? Meus filhinhos, o nosso amor não deve ser somente de palavras e de conversa. Deve ser um amor verdadeiro, que se mostra por meio de ações." (I JOÃO 3 v. 11-18)

CORAGEM DIANTE DE DEUS

"É assim, então, que saberemos que pertencemos à verdade de Deus e que o nosso coração se sente seguro na presença Dele. Pois, se o nosso coração nos condena, sabemos que Deus é maior do que o nosso coração e conhece tudo. Portanto, meus queridos amigos, se o nosso coração não nos condena, temos coragem na presença de Deus. Recebemos Dele tudo o que pedimos porque obedecemos aos Seus mandamentos e fazemos o que agrada a Ele. E o que Ele manda é isto: que creiamos no Seu Filho, Jesus Cristo, e que nos amemos uns aos outros, como Cristo nos mandou fazer. Quem obedece aos mandamentos de Deus vive unido com Deus, e Deus vive unido com Ele. E, por causa do Espírito que Ele nos deu, sabemos que Deus vive unido conosco." (I JOÃO 3 v. 19-24)

O ESPÍRITO VERDADEIRO E O FALSO

"Meus queridos amigos, não acreditem em todos os que dizem que têm o Espírito de Deus. Ponham à prova essas pessoas para saber se o espírito que elas têm vem mesmo de Deus; pois muitos falsos profetas já se espalharam por toda parte. É assim que vocês poderão saber se, de fato, o espírito é de Deus: quem afirma que Jesus Cristo veio como um ser humano tem o Espírito que vem de Deus. Mas quem nega isso a respeito de Jesus não tem o Espírito de Deus; o que ele tem é o espírito do Inimigo de Cristo. Vocês ouviram dizer que esse espírito viria, e agora ele já está no mundo.

Meus filhinhos, vocês são de Deus e têm derrotado os falsos profetas. Porque o Espírito que está em vocês é mais forte do que o espírito que está naqueles que pertencem ao mundo. Eles falam das coisas do mundo, e o mundo os ouve porque eles pertencem ao mundo. Mas nós somos de Deus. Quem conhece a Deus nos ouve, mas quem não pertence a Deus não nos ouve. É desse modo, então, que podemos saber a diferença que existe entre o Espírito da verdade e o espírito do erro." (I JOÃO 4 v. 1-6)

DEUS É AMOR

"Queridos amigos, amemos uns aos outros porque o amor vem de Deus. Quem ama é filho de Deus e conhece a Deus. Quem não ama não o conhece, pois Deus é amor. Foi assim que Deus mostrou o Seu amor por nós: Ele mandou o Seu único Filho ao mundo para que pudéssemos ter vida por meio Dele. E o amor é isto: não fomos nós que amamos a Deus, mas foi Ele que nos amou e mandou o Seu Filho para que, por meio Dele, os nossos pecados fossem perdoados.

Amigos, se foi assim que Deus nos amou, então nós devemos nos amar uns aos outros. Nunca ninguém viu Deus. Se nos amamos uns aos outros, Deus vive unido conosco, e o Seu amor enche completamente o nosso coração.  A razão por que podemos ter a certeza de que vivemos unidos com Deus e de que Ele vive unido conosco é esta: Ele nos deu o Seu Espírito.  E nós vimos e anunciamos aos outros que o Pai enviou o Filho para ser o Salvador do mundo. Todo aquele que afirma que Jesus é o Filho de Deus, Deus vive unido com ele, e ele vive unido com Deus. E nós mesmos conhecemos o amor que Deus tem por nós e cremos nesse amor.

Deus é amor. Aquele que vive no amor vive unido com Deus, e Deus vive unido com ele. Assim o amor em nós é totalmente verdadeiro para que tenhamos coragem no Dia do Juízo, porque a nossa vida neste mundo é como a vida de Cristo. No amor não há medo; o amor que é totalmente verdadeiro afasta o medo. Portanto, aquele que sente medo não tem no seu coração o amor totalmente verdadeiro, porque o medo mostra que existe castigo.

Nós amamos porque Deus nos amou primeiro. Se alguém diz: 'Eu amo a Deus', mas odeia o seu irmão, é mentiroso. Pois ninguém pode amar a Deus, a quem não vê, se não amar o seu irmão, a quem vê. O mandamento que Cristo nos deu é este: quem ama a Deus, que ame também o seu irmão." (I JOÃO 4 v. 7-21)

A VITÓRIA SOBRE O MUNDO

"Todos aqueles que crêem que Jesus é o Messias são filhos de Deus. E quem ama um pai ama também os filhos desse pai. Nós sabemos que amamos os filhos de Deus quando amamos a Deus e obedecemos aos seus mandamentos. Pois amar a Deus é obedecer aos Seus mandamentos. E os Seus mandamentos não são difíceis de obedecer  porque todo filho de Deus pode vencer o mundo. Assim, com a nossa fé conseguimos a vitória sobre o mundo. Quem pode vencer o mundo? Somente aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus." (I JOÃO 5 v. 1-5)

O TESTEMUNHO SOBRE JESUS CRISTO

"Jesus Cristo é aquele que veio com a água do seu batismo e com o sangue da Sua morte. Ele veio com a água e com o sangue e não somente com a água. E o próprio Espírito Santo é testemunha de que isso é verdade porque o Espírito é a verdade. Há três testemunhas: o Espírito, a água e o sangue; e esses três estão de pleno acordo. Nós aceitamos o testemunho dos seres humanos, mas o testemunho de Deus tem mais valor. E esse é o testemunho que Deus deu a respeito do Seu Filho.  Aquele que crê no Filho de Deus tem esse testemunho no seu próprio coração. Mas quem não crê em Deus faz de Deus um mentiroso, porque não crê no testemunho que Deus deu a respeito do Seu Filho.  E este é o testemunho: Deus nos deu a vida eterna, e essa vida é nossa por meio do Seu Filho.  Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida." (I JOÃO 5 v. 6-12)

A VIDA ETERNA

"Eu escrevo essas coisas a vocês que crêem no Filho de Deus, para que vocês saibam que têm a vida eterna. Quando estamos na presença de Deus, temos coragem por causa do seguinte: se pedimos alguma coisa de acordo com a Sua vontade, temos a certeza de que Ele nos ouve.  Assim sabemos que Ele nos ouve quando lhe pedimos alguma coisa. E, como sabemos que isso é verdade, sabemos também que Ele nos dá o que lhe pedimos.

Se alguém vê o seu irmão cometer algum pecado que não traz a morte, deve orar a Deus, e Ele dará a vida a essa pessoa. Isso, no caso de pecados que não trazem a morte. Mas há pecado que traz a morte, e eu não digo que vocês orem a respeito desse pecado. Toda maldade é pecado; porém há pecados que não trazem a morte.

Sabemos que os filhos de Deus não continuam pecando, porque o Filho de Deus os guarda, e o Maligno não pode tocar neles. Sabemos que somos de Deus e que o mundo todo está debaixo do poder do Maligno.

Sabemos também que o Filho de Deus já veio e nos deu entendimento para conhecermos o Deus verdadeiro. A nossa vida está unida com o Deus verdadeiro, unida com o Seu Filho, Jesus Cristo. Este é o Deus verdadeiro, e esta é a vida eterna.

Meus filhinhos, cuidado com os falsos deuses!" (I JOÃO 5 v. 13-21)

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS