A FALTA DE SABEDORIA DIVINA

“Escutem! A Sabedoria está gritando: a Compreensão está chamando em voz alta. ‘Eu estou falando com todos vocês e faço um pedido a todos os moradores da terra. Você é jovem e sem experiência? Aprenda a ser prudente. Você é tolo? Aprenda a ter juízo. Para a pessoa que tem compreensão, tudo é claro; tudo é fácil de entender para quem é bem informado. Eu sou a Sabedoria; sou mais preciosa do que as jóias. Tudo o que você deseja não pode se comparar comigo. Eu sou a Sabedoria; tenho compreensão, conhecimento e juízo. Temer o Senhor Deus é odiar o mal. Eu odeio o orgulho e a falta de modéstia, os maus caminhos e as palavras falsas. Eu amo aquele que me ama; e quem me procura acha. Agora, moços, escutem! Façam o que eu digo e serão felizes. Aprendam o que é ensinado a vocês. Sejam sábios; não abandonem esses ensinamentos. Aquele que me ouve será feliz: aquele que fica todos os dias na minha porta, esperando na entrada da minha casa. Pois quem me encontra, encontra a vida, e o Senhor Deus ficará contente com ele. Mas quem não me encontra prejudica a si mesmo; todos os que me odeiam amam a morte.’

Filho, aprenda o que eu lhe ensino e nunca esqueça o que mando você fazer. Escute os sábios e procure entender o que eles ensinam. Sim, peça sabedoria e grite pedindo entendimento. Procure essas coisas, como se procurasse prata ou um tesouro escondido. Se você fizer isso, saberá o que quer dizer temer o Senhor, e aprenderá a conhecê-lo. Se você me ouvir, entenderá o que é direito, justo e honesto e saberá o que deve fazer. Você se tornará sábio, e a sua sabedoria lhe dará prazer. O seu entendimento e a sua sabedoria o protegerão e o livrarão de fazer o mal. Assim, você ficará longe das pessoas que vivem dizendo mentiras - pessoas que abandonaram uma vida direita para viver na escuridão do pecado; pessoas que têm prazer em fazer o mal e se alegram quando o mal é praticado; pessoas desonestas, em quem não se pode confiar.
Para ser sábio, é preciso primeiro temer a Deus, o Senhor. Se você conhece o Deus Santo, então você tem compreensão das coisas. (PROVÉRBIOS 8 v. 1, 4-5, 9, 11-13, 17, 32-36 / 2 v. 1-5, 9-15 / 9 v. 10)

A pessoa que não tem sabedoria divina é cega espiritualmente, enganada e dirigida pelos desejos da natureza humana e por isso faz tudo que o mundo ensina. Quem não tem sabedoria divina acredita em tudo que o povo fala e então satanás entra em ação: ele usa a boca do povo para ensinar o que faz mal ao ser humano. É por isso que satanás dirigi a vida das pessoas, pois elas acreditam em tudo que os outros dizem.

Se a mídia dita uma moda a maioria das pessoas se veste de acordo com a moda. Mesmo que a roupa não fique bem na pessoa ela tem que andar de acordo com o que o povo ensina. Você não precisa seguir o que os outros dizem. Você precisa pedir a Deus sabedoria para saber se vestir com roupas que fiquem bem em você.

Se a televisão dita uma gíria a maioria do povo vai usar. Se uma pessoa é exaltada na mídia, as pessoas começam a idolatrar essa pessoa. E com isso as pessoas são enganadas e iludidas pelas coisas do mundo.

Por falta de sabedoria divina as pessoas não conseguem perceber as enganações e mentiras pregadas pelo inimigo; não sabem o que realmente é pecado, não percebem que vivem escravizadas, vivem fazendo coisas erradas e não acreditam que existe um Deus que pode libertá-las de tudo isso. 

O Espírito Santo é quem dá sabedoria. Mas enquanto as pessoas não ouvirem Sua voz, continuarão cegas e enganadas, ou seja, sem saber que estão cometendo erros e trazendo sofrimento para suas vidas.

Jesus foi o homem mais sábio que passou por esta terra. Sabe por quê? Porque Ele ouvia a voz do Espírito Santo e deixou o Espírito dominar sua natureza humana. Salomão pediu sabedoria e inteligência a Deus, mas por causa dos desejos da natureza humana não soube usar sua sabedoria para fazer somente a vontade de Deus.        

As pessoas pedem tudo a Deus: casa, carro, riqueza, namorado, marido... Mas se esquecem de pedir sabedoria divina.

Que adianta ter tudo e não ter sabedoria? Quem não tem sabedoria divina, não obedece a Deus, não sabe administrar sua casa, não sabe como manter um bom relacionamento, não tem respeito por seus irmãos, não sabe como tratar as pessoas, só vive discutindo por coisas tolas (religião, política, trabalho...) e não sabe explicar nem interpretar o que a Bíblia ensina.

Peça sabedoria a Deus para entender as Escrituras Sagradas, resolver seus problemas familiares, conjugais, do trabalho e resolver toda situação difícil da sua vida e principalmente para não ser enganado por satanás ou por seres humanos.

Tem pessoas que dizem: “O meu pastor é formado em Teologia”. Outros falam: “O pastor da minha igreja é psicólogo”. O pastor pode ser doutor em Teologia ou em qualquer outra coisa, mas se não tiver o Espírito Santo para orientá-lo e não for humilde, ele é um analfabeto diante dos ensinamentos de Deus, porque não tem sabedoria divina.       

Muitos pastores e líderes das igrejas se baseiam em ensinamentos humanos para ensinar o povo e não têm humildade para ouvir o Espírito Santo de Deus. Acham que vão adquirir sabedoria fazendo seminários e assistindo palestras. Estão errados! A verdadeira sabedoria você só terá pedindo a Deus. Vocês precisam entender que só o Espírito Santo de Deus pode orientá-los para falar com o povo da igreja e com os que não são de nenhuma igreja. “Existe entre vocês alguém que seja sábio e inteligente? Pois então que prove isso pelo seu bom comportamento e pelas suas ações, praticadas com humildade e sabedoria. Mas, se no coração de vocês existe inveja, amargura e egoísmo, então não mintam contra a verdade, gabando-se de serem sábios.  Essa espécie de sabedoria não vem do céu; ela é deste mundo, é da nossa natureza humana e é diabólica.

Pois, onde há inveja e egoísmo, há também confusão e todo tipo de coisas más. A sabedoria que vem do céu é antes de tudo pura; e é também pacífica, bondosa e amigável. Ela é cheia de misericórdia, produz uma colheita de boas ações, não trata os outros pela sua aparência e é livre de fingimento. Pois a bondade é a colheita produzida pelas sementes que foram plantadas pelos que trabalham em favor da paz.” (TIAGO 3 v. 13-18)

Os membros da igreja não prestam atenção no que o pastor está pregando, porque a pregação é vazia, pois vem de sabedoria humana. Para que a mensagem pregada na igreja atinja o coração tanto dos membros como dos visitantes não-crentes, é preciso que seja dada pelo Espírito Santo de Deus. E quem for pregar deve ouvir a voz do Espírito para preparar a mensagem e as passagens bíblicas. 

A mensagem deve ser feita para ensinar a todos a buscar a Deus, ler a Bíblia e a não envergonhar o Santo nome de Deus na rua, no trabalho, em casa ou aonde estiverem. E ao mesmo tempo irá conscientizar os visitantes sobre o que é errado e o que Deus quer dos seres humanos.

Uma pessoa para se converter, precisa saber o que irá mudar em sua vida; saber por que o mundo não é bom; saber o que faz de errado e o que seus erros causam na sua vida e principalmente saber o que Deus pode fazer na vida dela (dar amor, ensinar a viver bem, cuidar dos filhos, do casamento, a tratar as pessoas...). Isso quer dizer que a pessoa deve saber por que deve seguir Jesus. E não somente levantar a mão na igreja por causa da insistência do pastor ou de um amigo.       

Aprendam com Jesus, ouçam a voz do Espírito e assim, vocês ensinarão o que realmente agrada a Deus.

Alguns pastores por falta de sabedoria divina, usam essa passagem bíblica para fazer os irmãos julgar e discriminar os não-crentes. “Não se juntem com descrentes para trabalhar com eles. Pois como é que o certo pode ter alguma coisa a ver com o errado? Como é que a luz e a escuridão podem viver juntas? Como podem Cristo e o diabo estar de acordo? O que é que um cristão e um descrente têm em comum?” (II CORÍNTIOS 6 v. 14-15)

Como é que você vai pregar o evangelho se você não fala ou trata mal os descrentes? Dessa forma você está se julgando melhor do que Jesus que andava no meio do povo e ensinava a todos sem discriminação. Como é que você vai falar da bondade de Deus, se você julga e discrimina os outros? Desse jeito ninguém vai querer te ouvir. Além disso, nos dias de hoje não vemos diferença no modo de vida do crente e do não-crente.

Irmãos, peçam sabedoria divina ao Senhor, para que seus olhos espirituais sejam abertos e vocês enxerguem as loucuras que andam fazendo e dizendo. Vocês podem ser amigos de todos, só não podem fazer o que eles fazem de errado. Como dizem as Escrituras Sagradas:  “Não participem das coisas sem valor que os outros fazem, coisas que pertencem à escuridão. Mas que sejam calmos e pacíficos e tratem todos com educação.” (EFÉSIOS 5 v. 11 / TITO 3 v. 2) 

Por falta de sabedoria divina, vocês afastam as pessoas de Deus. Se seu marido, esposa, filho, pai ou mãe ainda não conhece os ensinamentos de Deus, peça ao Senhor sabedoria para falar com eles.

Muitos acham que devem obrigar as pessoas a servir a Deus. Isso é errado! Primeiro que Deus não quer ninguém por obrigação; segundo, que isso é falta de sabedoria de sua parte.

Um rapaz entrou para uma igreja e começou a desrespeitar seus pais, porque eles não quiseram ir para a igreja também. Ele mesmo diz que os pais o tratavam muito bem, mas ele começou a dizer para os pais que eles irão para o inferno, se não freqüentassem a igreja. Então seus pais começaram a ficar tristes com isso, e lhe disseram que antes de ele ir para a igreja ele era um filho melhor, pois os respeitava.

Por esse rapaz não ter sabedoria, está cometendo dois pecados: desrespeitando e julgando seus pais.

Por isso, respeite seus pais, seus irmãos, seus amigos e a todos, mesmo que eles não façam parte da sua religião. Se Deus deu livre-arbítrio a todos para escolher o seu próprio caminho, quem é você para obrigar os outros a fazer o que não querem?

Um irmão vivia bem com sua família, até que entrou para a igreja e começou a discriminar e condenar seus familiares. Não falava com eles, porque dizia que eles estavam no mundo e que ele não poderia conviver com pessoas que vivem em pecado. Isso mostra a falta de sabedoria divina. Quando os parentes não respeitam o direito do outro é melhor se afastar, mas nunca condene nem julgue seus parentes. Se esse irmão servisse a Deus de verdade, saberia como pregar o evangelho para seus familiares, respeitando o direito de cada um e sendo um bom exemplo.

Muitos servem a religião em vez de servir a Deus, por isso não têm sabedoria divina. O servo de Deus sabe como pregar a Palavra; ele não julga, não condena, não faz discriminação, pois aprendeu com seu Mestre e Senhor Jesus Cristo. “Façam tudo sem queixas nem discussões para que vocês não tenham nenhuma falha ou mancha. Sejam filhos de Deus, vivendo sem nenhuma culpa no meio de pessoas más, que não querem saber de Deus. No meio delas vocês devem brilhar como as estrelas no céu, entregando a elas a mensagem da vida.” (FILIPENSES 2 v. 14-16)

Quando você tem sabedoria divina as pessoas notam o seu comportamento, vêem o seu progresso espiritual e pessoal. Assim, todos vão querer ouvir falar desse Deus maravilhoso que te mudou completamente. Mas se você entra para a igreja, começa a ficar orgulhoso, a falar mal, julgar e discriminar os outros, quem é que vai querer ouvir falar desse deus que fez você ficar assim? Ninguém.

Deus é amor! Não tente obrigar as pessoas a ir para a igreja. Deus ensina com amor e não com estupidez, como muitos estão fazendo.

Deus tem uma função para cada membro da igreja que queira fazer Sua obra e ajudar ao próximo.

Todo trabalho na igreja deve ser dirigido pelo Espírito Santo de Deus e os encarregados do trabalho devem ter sabedoria divina. Por exemplo: a pessoa só deve evangelizar quando estiver preparada pelo Espírito Santo. Não adianta querer obrigar os membros a evangelizar, jogar indiretas ou discriminar àqueles que não participarem.

Deus quer que cada um faça o que puder e gostar para ajudar os irmãos da igreja e os que não conhecem a Palavra (os não-crentes). Todos devem pedir a Deus sabedoria divina para trabalhar na obra Dele, saber o que falar, onde deve ir e quando evangelizar. Que o trabalho na igreja não seja uma obrigação imposta pelos líderes e sim, a dedicação de cada um a Deus.

Muitas igrejas permitem que crianças pregem e saiam para evangelizar. Uma criança não tem sabedoria divina para essas coisas. Elas apenas repetem aquilo que aprendem. As crianças devem se manter no seu lugar de criança: podem participar de corais, peças... mas não evangelizar nem pregar.

Quando chegar a sua igreja um visitante, receba-o bem, com amor e respeito, sem falsidade e discriminação. Não repare as vestes, jóias e outras coisas. Ninguém consegue converter uma pessoa discriminando-a. Vocês não devem julgar em hipótese alguma, principalmente pela aparência. Lembre-se do que o Senhor disse a Samuel: “Eu não julgo como as pessoas julgam. Elas olham para a aparência, mas Eu vejo o coração.” (I SAMUEL 16 v. 7)

Irmãos, lembrem-se que todos são pecadores e que vão ser julgados por Deus. Não se julguem melhor do que os outros, não discriminem seus irmãos, pois quem age assim envergonha o Santo nome de Deus.     

Existem muitos crentes que por falta de sabedoria divina se tornam pessoas inconvenientes. Estão sempre nas casas dos irmãos, atrapalhando as pessoas em suas tarefas. Não têm educação de esperar serem convidados nem o respeito de perguntarem se a pessoa deseja recebê-los. Dessa forma acabam sufocando os irmãos, principalmente os mais recentes na igreja. Querem fazer culto na casa dos outros, reuniões entre senhoras. As pessoas ficam com vergonha de falar que eles são inconvenientes, porque se falarem, eles espalham para os outros membros que a pessoa não quer compromisso com a igreja.

Cada um tem seu jeito: deixe que as pessoas convidem vocês, não fiquem pressionando as pessoas. Em vez de estarem de casa em casa, fiquem em suas casas e vigiem, orem por vocês e suas famílias, façam culto em casa com seus familiares. Tomem cuidado com as coisas que fazem sem a orientação do Espírito Santo, pois a Bíblia diz: “Não vá a toda hora à casa do vizinho, pois ele pode se cansar e acabar ficando com raiva de você.” (PROVÉRBIOS 25 v. 17)

Seja um servo obediente e fiel; pregue o evangelho com humildade, educação e sabedoria divina. Respeite a todos independente de religião. Peça sabedoria e discernimento a Deus.

Essa oração é só um exemplo, por isso peça ao Espírito Santo que te ensine a orar e saber se expressar com Deus.

“Pai me dê sabedoria para levar os Teus ensinamentos àqueles que precisam. Me ensina a me comportar diante daqueles que não crêem em Ti. Que a minha natureza humana seja dirigida pelo Espírito Santo. Não me deixe envergonhar o Teu Santo nome.
Ensina-me a tratar as pessoas e a ser misericordioso com todos. Liberta-me do mal que age no meu coração e de tudo aquilo que me afasta de Ti.

Toca no coração do meu (filho, marido, esposa, pais, irmão, amigo...) para que quando eu for falar do Teu Santo nome, ele escute com atenção.

Ajuda-me a ser um servo dedicado e humilde. É em nome do meu Senhor e Salvador Jesus Cristo que eu oro e peço que responda minha oração. Amém!”

Busque a sabedoria divina e obedeça a Deus: “Feliz é a pessoa que acha a sabedoria e que consegue compreender as coisas, pois isso é melhor do que a prata e tem mais valor do que o ouro.” (PROVÉRBIOS 3 v. 13)
           

Que Deus o abençoe!

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS