A IGREJA

A igreja evangélica se espalhou pelo mundo de uma forma que poderia ter ajudado, convertido e mantido muitas pessoas perto de Deus. Mas as pessoas que estão à frente da igreja deixaram esses objetivos de lado e foram buscar seus próprios interesses. E o resultado é esse: muitas igrejas cheias de pessoas que não fazem a vontade de Deus.

Se cada igreja se dedicasse a ajudar sua comunidade e passar os ensinamentos de Jesus a quem não conhece, a igreja se fortaleceria, pois os membros seriam dedicados uns aos outros e a obra de Deus seria feita com grande facilidade. Mas infelizmente as pessoas que estão dentro das igrejas estão tão carentes e necessitadas quanto as que estão fora. Um fraco não pode carregar outro fraco; um cego não pode guiar outro cego, assim como o povo da igreja não está capacitado a ensinar os descrentes.

Existem muitas igrejas em vários lugares, mas não dão bons frutos, não conseguem atingir o coração das pessoas, ganhar a confiança do povo nem fazer a obra de Deus. Isso acontece porque o líder é um ser humano ensinado por outros seres humanos formados em faculdades e seminários, mas deveria ser orientado pelo Espírito Santo de Deus como Jesus foi. Esses líderes por serem orgulhosos e se acharem sábios são dominados por suas naturezas humanas e por satanás.

Em muitas igrejas as pregações são feitas aos gritos e de forma que assusta as pessoas que passam por essas igrejas e até os que estão ouvindo as pregações. Jesus foi bondoso e paciente em Suas pregações. Hoje muitos pastores e pastoras são grosseiros, gritam, pulam, fazem movimentos bruscos e por isso fica difícil entender o que querem dizer. Essas pregações exaltadas atiçam sentimentos ruins nas pessoas, como o ódio, o orgulho, o estresse, a impaciência...

Meus irmãos, quem causa a desordem, a algazarra, a confusão, a bagunça, gritarias não pode ser uma pessoa dirigida pelo Espírito Santo de Deus, porque o servo de Deus deve ser calmo, ter humildade e transmitir coisas boas para as pessoas assim como Jesus fazia:

“O Senhor Deus diz: ‘Aqui está o Meu servo, a quem Eu fortaleço, o Meu escolhido, que dá muita alegria ao Meu coração. Pus Nele o Meu Espírito, e Ele anunciará a Minha vontade a todos os povos.
Não gritará, não clamará, não fará discursos nas ruas. Não esmagará um galho que está quebrado, nem apagará a luz que já está fraca. Com toda a dedicação, Ele anunciará a Minha vontade. Não se cansará, nem desanimará, mas continuará firme até que todos aceitem a Minha vontade. As nações distantes estão esperando para receber os Seus ensinamentos.’” (ISAÍAS 42 v. 1-4)

A pessoa quando vai à igreja, ela está à procura de ajuda. Muitas estão carentes precisando de um apoio espiritual. Mas quando chegam lá o que encontram? Pessoas frias, sem amor, grosseiras e que continuam vivendo de acordo com a natureza humana e que só visam seus próprios interesses.

É vergonhoso ver o que está acontecendo na igreja hoje: pessoas que mal se falam, irmão julgando irmão, falando mal uns dos outros, fazendo fofoca, mentindo, enganando, discriminando uns aos outros. O sacrifício de Cristo perdeu o valor para essa gente que só pensa em si mesma.

Por que o povo das igrejas não consegue servir e ser realmente abençoado por Deus? Porque não tem amor nem humildade. Por que existem tantos carentes e tão poucas obras sendo feitas? Porque ninguém se importa com seu próximo e não estão interessados em fazer a vontade de Deus.

O ensinamento de Cristo foi esquecido. As pessoas estão na igreja, mas não buscam o espiritual, o amor por Deus e pelos irmãos. Buscam satisfazer os desejos da natureza humana.

A igreja de Cristo deve ser movida pelo amor e pela vontade de ajudar o próximo. Mas o povo se esqueceu de Deus e não se importa com os outros, pois só pensa em satisfazer o desejo da natureza humana: adquirir bens materiais, progredir financeiramente e outras coisas mais. Por isso são escravos desses pastores mentirosos e aproveitadores.

Irmãos, vocês precisam do amor de Deus em seus corações, precisam ter a mente dirigida pelo Espírito Santo e não pela natureza humana. Precisam ser misericordiosos, saber tratar as pessoas com educação e respeito, e o mais importante: amar as pessoas. Vocês devem fazer com que a casa de Deus seja um lar de união, onde todos devem ajudar uns aos outros. Mas hoje, infelizmente está fria e desumana.

Você pastor acha isso certo? É essa a igreja que vai apresentar a Deus no Grande Dia? Já verificou como vive o seu rebanho e do que ele precisa? Já parou para refletir se está fazendo a vontade de Deus ou de sua natureza humana? Se a sua igreja se encontra corrompida, doente, faminta e desunida é porque sua natureza humana é quem dirige essa igreja, pois Jesus não pregou a desigualdade. Ele é justo e quer que a justiça seja feita.       

A Bíblia diz e o povo prega que a igreja é o corpo de Cristo, e se isso fosse levado a sério, tudo seria diferente e mais justo. Como pode um corpo ser tão desigual? Por que você cuida só de uma parte e esquece da outra? O corpo de Cristo tem que ser cuidado por completo.

Como seria bom se todos dessem atenção aos ensinamentos do Espírito Santo de Deus! Com certeza a casa do Senhor seria um lugar onde todos gostariam de ir.

COMO DEVERIA SER A IGREJA DE CRISTO

A igreja de Cristo deveria ser o lugar onde o nosso Deus seria adorado por todas as Suas ovelhas. O lugar onde os irmãos se encontrariam para se fortalecerem espiritualmente, através dos ensinamentos do Espírito Santo, dos ensinamentos deixados na Bíblia e das experiências que cada um teve com o Senhor. Seria o lugar em que as pessoas buscariam descanso espiritual aprendendo a chegar perto de Deus através do amor e respeito ao próximo e saber como o inimigo age em suas vidas usando suas próprias naturezas humanas. Pois o pastor dessa igreja teria a sabedoria divina para ensinar.

As pessoas necessitadas encontrariam ajuda para viverem melhor, arrumarem um emprego, ajeitarem suas vidas para depois se juntar aos irmãos que lhe ajudaram para dar continuidade à obra de Deus.

Os jovens perdidos teriam atividades e ensinamentos na igreja para se tornarem pessoas decentes, orientadas pelo Espírito Santo de Deus e que ajudariam os outros que precisassem. Deus dá sabedoria e orientação para aqueles que desejam ajudar os outros.

Como seria maravilhoso se a igreja fosse assim: todos com o pensamento de fazer as vontades de Deus e de ajudar seus irmãos; o povo de Deus trabalhando na obra com amor e boa vontade, levantando os caídos, levando comida aos necessitados, passando amor para os carentes, respeitando e amando os mais velhos, pois foi isso que o Mestre Jesus ensinou. Mas se numa igreja tem desunião, discórdia, maldade, ódio, orgulho, fofoca, tristeza e desânimo não é Cristo que comanda essa igreja.                

A igreja de Cristo segue Seus ensinamentos: as pessoas dedicam suas vidas ao Deus Eterno e procuram ajudar seus irmãos. Se você vê seu irmão passando fome e não procura ajudar, que tipo de servo é você?

A igreja de Cristo cuida dos pobres, dá assistência aos doentes, veste os que estão nus e os irmãos se ajudam: aqueles que têm melhor condição financeira procuram repartir com os que não têm nada.

Jesus não se importou com Sua vida nem com Sua natureza humana. Ele desceu dos céus para fazer a vontade de Deus e ajudar o povo. E foi isso que Ele ensinou aos Seus discípulos e às pessoas que o seguiam. Muitos dizem que fazem parte do corpo de Cristo e que são seguidores de Jesus. Mas por que não agem como Ele ensinou?

“Os apóstolos faziam muitos milagres e maravilhas, e por isso todas as pessoas estavam cheias de admiração e de respeito. Todos os que criam estavam juntos e unidos e repartiam uns com os outros o que tinham. Vendiam as suas propriedades e outras coisas e repartiam o dinheiro com todos, de acordo com as necessidades de cada um. Todos os dias se reuniam no Templo. E nas suas casas partiam o pão e comiam com alegria e humildade. Louvavam a Deus por tudo e eram estimados por todos. E cada dia o Senhor juntava àquele grupo as pessoas que iam sendo salvas.” (ATOS 2 v. 43-47)

Os apóstolos de Jesus repartiam o que tinham, tanto o espiritual como o material. E hoje o povo não age assim: existem tantos templos luxuosos e tanta gente precisando de uma casa; tantos membros ricos e tantos passando fome. Esse é o povo que diz que é de Deus? Então por que tanta desigualdade? A igreja de Cristo não é como essas igrejas cheias de pessoas egoístas e hipócritas. 

Deus é justo! Essa desigualdade que existe nas igrejas é por causa da dureza de coração dos líderes que não ouvem o Espírito Santo de Deus, nem dão importância aos ensinamentos de Jesus. Só querem ter a igreja cheia para serem famosos, por isso usam a Bíblia para enganar e escravizar o povo com interpretações mentirosas.

O nosso Deus e Pai está muito triste porque Suas ovelhas não o amam, não lhe respeitam e não lhe obedecem. O que Ele vê nas igrejas é a desunião que há entre os irmãos, o orgulho, a falta de amor e de humildade tomando conta do coração do povo.

Por isso mude o seu modo de pensar e de agir enquanto há tempo.

Que Deus o abençoe!

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS