ADORAÇÃO QUE AGRADA A DEUS

“Portanto, meus irmãos, por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrifício vivo, dedicado ao Seu serviço e agradável a Ele. Esta é a verdadeira adoração que vocês devem oferecer a Deus. Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês.” (ROMANOS 12 v. 1-2)

Todos pensam que só se adora a Deus na igreja. Deus é Espírito e deve ser adorado a toda hora em qualquer lugar, em qualquer dia, principalmente em nossa casa, pois somos o templo de Deus. E se somos o templo de Deus devemos a toda hora glorificar Seu Santo Nome sendo um bom exemplo. Preste atenção nesse ensinamento: “Mulher, creia em Mim! – disse Jesus. – Chegará o tempo em que ninguém vai adorar a Deus nem neste monte nem em Jerusalém. Vocês, samaritanos, não sabem o que adoram, mas nós sabemos o que adoramos porque a salvação vem dos judeus. Mas virá o tempo, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores vão adorar o Pai em espírito e em verdade. Pois são esses que o Pai quer que o adorem. Deus é Espírito, e por isso os que o adoram devem adorá-lo em espírito e em verdade.(JOÃO 4 v. 21-24)   

O verdadeiro adorador é aquele que:
- coloca Deus em primeiro lugar em sua vida e o adora em Espírito;
- faz morrer o desejo de sua natureza humana para obedecer ao Espírito Santo;
- não toma nenhuma decisão em sua vida sem antes consultar a Deus;
- não se preocupa com o dia de amanhã, pois confia no Deus a quem serve e sabe que aqueles que obedecem aos Seus ensinamentos e aceitam com humildade a correção de Deus, não passarão necessidade.“Quem teme ao Senhor certamente será abençoado assim.” (SALMOS 128 v. 4)

Quem adora a Deus ama seus irmãos e tem prazer em ajudar seu próximo, pois ajuda por amor ao Pai. Quem adora a Deus coloca em prática os ensinamentos de Jesus: não julga, não diz coisas que ofendem os outros, não é invejoso, cobiçoso, orgulhoso, egoísta, não xinga, não fala mal dos outros, não vive mentindo, não age com falsidade, não envergonha o nome de Deus, pois sabe que todas essas coisas desagradam ao Espírito Santo de Deus.

Hoje as pessoas vivem doentes e preocupadas com os problemas sem saber como resolvê-los. Mas não deixam a maldade de lado. Não buscam pela ajuda de Deus. Muitos nem acreditam que Deus existe. Se você soubesse o quanto Ele é poderoso e que nada é impossível para Ele, não passaria por tantas aflições.

Muitos dirão: “Eu estou na igreja e vivo cheio de problemas.” Estar na igreja não significa que você esteja obedecendo a Deus.

As pessoas vão a igreja louvar a Deus, dão ofertas, o dízimo e depois dizem: “Irmão, o culto estava uma benção, o fogo desceu e eu senti a presença do Espírito Santo.” Mas durante a semana voltam a uma rotina totalmente errada: falação da vida alheia, inveja, orgulho, falsidade, mentiras, xingamentos, fofocas e brigas.

Aí começam acontecer as coisas ruins: desunião no lar, doenças, dificuldades financeiras, falta de paciência, de amor, tentação o dia todo. Nessa hora o povo pergunta: “Senhor o que está acontecendo? Eu vou à igreja, dou o dízimo, dou ofertas, evangelizo e a minha vida está um inferno.” Irmão, é como Deus diz nas Escrituras Sagradas: “Eu quero que vocês Me amem e não que Me ofereçam sacrifícios; em vez de Me trazer ofertas queimadas, Eu prefiro que o Meu povo Me obedeça.” (OSÉIAS 6 v. 6)

Se você apenas vai à igreja e faz o que ela ensina, não quer dizer que você está obedecendo a Deus. Ele quer dedicação, que vocês o adorem sinceramente e que dêem bom exemplo.

Tudo que acontece com as pessoas tem um motivo, pois ninguém é santo: todos cometem erros.

Todos devem agradecer a Deus quando os corrige porque Ele está dando uma nova oportunidade de se tornarem novas pessoas. Mas, muitos acham que são injustiçados e não admitem que erram e se julgam santos. “Todos dizem que são bons e fiéis, mas tente achar alguém que realmente seja! Será que alguém pode dizer que tem a consciência limpa e que já se livrou dos seus pecados? Será que alguém pode ser puro? Poderá alguma pessoa ser correta diante de Deus?”
(PROVÉRBIOS 20 v. 6, 9 / JÓ 15 v. 14)

Muitos vão para a igreja atrás de bens materiais, para ficar curado, ser abençoado ou por não ter opção.

Um senhor disse que estava com os dias contados, pois tem uma doença grave no coração e que poderia morrer a qualquer momento. Então ele disse: “Eu não posso fumar nem posso beber. Agora o que me resta é ir para a igreja.” Isso é um desrespeito a Deus!

Muitos estão na igreja para receberem algo em troca. Isso não é adorar: é ser interesseiro. A verdadeira adoração é aquela que a pessoa tem total dedicação e amor a quem adora.

Nenhuma pessoa merece ser adorada, pois é um ser humano sujeito a erros. Nenhum deus criado pelo homem (santos, entidades, deuses da mitologia...) é digno de ser adorado, pois não podem fazer nada por você. O único que merece toda honra e toda glória é o Deus Eterno, o Eu Sou Quem Sou, que abriu o Mar Vermelho, fez as muralhas de Jericó desabarem, derrubou o rei da Babilônia, enviou Jesus e deixou as Escrituras Sagradas para que você leia e acredite Nele.

Deus por amor a humanidade enviou Seu Filho para nos ensinar a adorá-lo de coração. Mas as pessoas se achavam sábias demais e acabaram rejeitando os ensinamentos de Jesus. O preço que Ele pagou por querer fazer o bem e nos ensinar como adorar a Deus foi muito alto. Mas, ninguém dá valor a esse amor, pois estão iludidos com o mundo, desejando ter dinheiro, ser famoso, ter tudo que agrada aos olhos. E só se lembram que existe Deus quando estão passando por algum tipo de dificuldade. Preste atenção no que diz as Escrituras Sagradas: “Lembre do seu Criador enquanto você ainda é jovem, antes que venham os dias maus e cheguem os anos em que você dirá: ‘Não tenho mais prazer na vida.’” (ECLESIASTES 12 v. 1)

Adorar a Deus é amá-lo de todo o coração, reconhecer que Ele é o único Deus digno de ser adorado; é você dedicar seus pensamentos e sua vida ao Deus Eterno; é obedecer ao que Jesus ensinou; é acreditar que Ele te criou, te ama e pode te ajudar. “Escute o que o Senhor Deus exige de você. Ele quer que vocês o temam e sigam todas as Suas ordens; quer que o amem e que o sirvam com todo o coração e com toda a alma.” (DEUTERONÔMIO 10 v. 12)

Nas igrejas o povo está fazendo muitas coisas para chamar atenção das pessoas e deixam de lado a verdadeira adoração a Deus. Vocês precisam agradar a Deus e não as pessoas. Vocês devem colocar Deus em primeiro lugar na igreja e não dar prioridade ao número de membros e ao dinheiro arrecadado com dízimos e ofertas.

Cuidado! Vocês estão deixando de adorar a Deus para adorar seres humanos e ao próprio inimigo, pois estão dando valor às coisas deste mundo e fazendo o que ele quer. “Não amem o mundo, nem as coisas que há nele. Se vocês amam o mundo, não amam a Deus, o Pai.” (I JOÃO 2 v. 15)

A adoração que agrada a Deus é essa: ame seu irmão, seja misericordioso com aqueles que não conhecem a Palavra de Deus, divida o pão com aqueles que são necessitados, não se envolva com as coisas inúteis deste mundo, seja tardio em falar, seja humilde, respeitador, honesto, justo e manso de coração. Seja um bom exemplo para os seus irmãos (seu próximo), não envergonhe o nome de Deus e de Jesus. Busque sempre estar na presença de Deus, colocando-o em primeiro lugar na sua vida. Deixe que Ele te guie pelo caminho certo e que o Espírito Santo dirija sua mente e seu coração. Confie Nele e saiba esperar pelo tempo e a hora Dele. Reconheça Jesus como seu Senhor e Salvador e aceite a correção de Deus, pois Ele já te deu tudo para que você seja feliz. “Porque Deus amou o mundo tanto, que deu o Seu único Filho, para que todo aquele que Nele crer não morra, mas tenha a vida eterna. Pois Deus mandou o Seu Filho para salvar o mundo e não para julgá-lo.” (JOÃO 3 v. 16-17)

Muitos confundem fanatismo com adoração. Ser fanático e brigar com os outros por causa de religião, não é ser um adorador de Deus. O verdadeiro adorador ama e respeita seu próximo e põe em prática os ensinamentos de Jesus. “‘O Senhor conhece as pessoas que são Dele.’ E também: ‘Toda pessoa que diz que pertence ao Senhor precisa abandonar o pecado.’ Fique longe das discussões tolas e sem valor, pois você sabe que elas sempre acabam em brigas. O servo do Senhor não deve andar brigando, mas deve tratar todos com educação.” (II TIMÓTEO 2 v. 19, 23-24)

Que Deus o abençoe!

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS