AGEU

No ano 520 antes de Cristo, o profeta Ageu anunciou algumas mensagens de Deus, ordenando ao povo que construísse de novo o Templo. Os israelitas deviam voltar para Deus, e assim Deus os abençoaria, e eles viveriam em paz e prosperidade. Ageu foi companheiro de Zacarias.

DEUS ORDENA A RECONSTRUÇÃO DO TEMPLO

"No segundo ano do reinado de Dario, rei da Pérsia, no primeiro dia do sexto mês, o Deus Eterno mandou uma mensagem por meio do profeta Ageu. Essa mensagem era para o governador de Judá, Zorobabel, filho de Salatiel, e para o Grande Sacerdote Josué, filho de Jozadaque. O Deus Eterno Todo-Poderoso disse o seguinte:
- O povo está dizendo que ainda não chegou o tempo de reconstruir o Templo.

Por isso, o Deus Eterno falou assim por meio do profeta Ageu:
- Povo de Judá, será que fica bem vocês viverem em casas luxuosas enquanto o Meu Templo continua destruído? Pensem bem no que tem acontecido com vocês. Vocês semearam muitas sementes, mas colheram pouco; têm comida, mas não é suficiente para matar a fome; têm vinho, mas não dá para ficarem bêbados; têm roupas, porém elas não chegam para os proteger do frio; e o salário que o trabalhador recebe não dá para viver.

Por isso o Deus Eterno Todo-Poderoso diz:
- Pensem bem no que tem acontecido com vocês. Agora, vão até as montanhas, tragam madeira e construam de novo o Templo. Eu ficarei muito contente com esse Templo e ali serei adorado e honrado.
Vocês esperavam colheitas grandes, porém elas foram pequenas. E, quando estavam levando para casa o pouco que colheram, Eu soprei tudo para longe. E por que foi que Eu, o Deus Todo-Poderoso, fiz isso? Foi porque vocês só vivem cuidando das suas próprias casas, mas não se importam com a Minha Casa, que está destruída.
É por isso que não chove e os campos não produzem colheitas. Eu fiz com que houvesse seca nos campos e nas montanhas; fiz com que a seca atingisse as plantações de cereais, as parreiras, as oliveiras e todas as outras plantações do país. Ela castigou as pessoas, os animais e todas as plantações." (AGEU 1 v. 1-11)

O POVO OBEDECE À ORDEM DE DEUS

"Então Zorobabel, o governador de Judá, e Josué, o Grande Sacerdote, e todos os que haviam voltado do cativeiro na Babilônia temeram a Deus e obedeceram à mensagem que o Eterno, o Deus deles, tinha mandado por meio do profeta Ageu. E assim Ageu, o mensageiro de Deus, falou e entregou ao povo de Judá a seguinte mensagem:
- Eu estarei com vocês. Eu, o Deus Eterno, falei.

O Deus Eterno deu coragem e ânimo a Zorobabel, o governador de Judá, a Josué, o Grande Sacerdote, e a todos os que haviam voltado do cativeiro na Babilônia. Eles foram e começaram a trabalhar no Templo do seu Deus, o Todo-Poderoso, no dia vinte e quatro do sexto mês do segundo ano do reinado de Dario." (AGEU 1 v. 12-15)

A BELEZA DO NOVO TEMPLO

"Neste segundo ano do reinado de Dario, rei da Pérsia, no dia vinte e um do sétimo mês, o Deus Eterno falou de novo com o profeta Ageu. Deus mandou que ele fosse falar com Zorobabel, o governador de Judá, com Josué, o Grande Sacerdote, e com todo o povo e lhes dissesse o seguinte:
- Deve haver alguém aqui que viu o Templo quando ele ainda era belo. Mas vejam como está agora! Não lhes parece que não vale nada mesmo? No entanto tenham coragem! Coragem, Zorobabel! Coragem, Josué! Coragem, toda a gente deste país! Trabalhem todos, pois Eu, o Deus Todo-Poderoso, Estou com vocês. Conforme a aliança que fiz com o Meu povo quando o tirei do Egito, o Meu Espírito sempre está com vocês. Portanto, não fiquem com medo.
Pois é isto o que Eu, o Deus Todo-Poderoso, digo: Daqui a pouco farei com que tremam o céu e a terra, o mar e a terra firme. Vou fazer com que tremam todas as nações, e as suas riquezas serão trazidas para o Meu Templo aqui em Jerusalém. E assim encherei o Meu Templo de beleza. Toda a prata e todo o ouro do mundo são Meus. Então o novo Templo será ainda mais belo do que o primeiro, e dali Eu darei prosperidade e paz ao Meu povo. Eu, o Deus Todo-Poderoso, falei." (AGEU 2 v. 1-9)

DEUS CONDENA O PECADO DO POVO

"Neste mesmo ano, no dia vinte e quatro do nono mês, o Deus Eterno falou de novo com o profeta Ageu. O Todo-Poderoso disse:
- Vá falar com os sacerdotes e peça a opinião deles a respeito da seguinte questão: Suponham que alguém esteja levando na dobra da sua capa um pedaço da carne que foi oferecida em sacrifício a Deus. Então, se a capa tocar num pão, ou num cozido, ou em vinho, ou em azeite, ou em qualquer outra comida, isso quer dizer que estas coisas também ficarão puras?

Ageu fez a pergunta, e os sacerdotes disseram que não.

Aí Ageu perguntou aos sacerdotes:
- E, se alguém ficou impuro por ter tocado num defunto e depois tocar em qualquer uma daquelas comidas, isso quer dizer que elas também ficam impuras?

Os sacerdotes responderam:
- Sim! Elas ficam impuras.

Então Ageu disse:
- O Deus Eterno diz que é exatamente isso o que acontece com esse povo. Para Deus, são impuros todo o povo deste país, tudo o que eles fazem e todos os sacrifícios que são oferecidos no altar." (AGEU  2 v. 10-14)

DEUS PROMETE ABENÇOAR O POVO

"O Deus Eterno diz:
- Pensem bem em tudo o que aconteceu desde aquele dia. Antes de vocês terem começado a construção do Templo, o que é que acontecia? Se alguém ia até um depósito procurando duzentos quilos de trigo, encontrava só cem quilos; se fosse até o lugar onde se faz vinho querendo cem litros, encontrava somente quarenta. Eu os castiguei com ventos muito quentes, com pragas nas plantas e com chuvas de pedra e assim destruí todas as suas plantações; mas mesmo assim vocês não voltaram para Mim. Hoje mesmo, no dia vinte e quatro do nono mês, vocês acabaram de construir o alicerce do Templo. E vejam bem o que vai acontecer daqui em diante. Mesmo que agora não haja trigo nos depósitos, mesmo que as parreiras, as figueiras, as romãzeiras e as oliveiras não tenham produzido nada, de hoje em diante Eu os abençoarei." (AGEU  2 v. 15-19)

A PROMESSA DE DEUS A ZOROBABEL

"Naquele mesmo dia, o dia vinte e quatro do nono mês, o Deus Eterno falou de novo com Ageu e mandou que ele dissesse a Zorobabel, o governador de Judá, o seguinte:
- Eu vou fazer tremer o céu e a terra; Vou derrubar os tronos dos reis e acabar com o poder de todos eles. Vou destruir os carros de guerra e os que andam neles, e os cavalos também morrerão; os cavaleiros matarão uns aos outros. E, quando aquele dia chegar, Eu farei com que, em Meu nome, você governe o Meu povo, pois você é o Meu servo escolhido. Eu, o Deus Todo-Poderoso, falei." (AGEU 2 v. 20-23)

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS