AMOR E PAIXÃO

“Não devam nada a ninguém. A única dívida que vocês devem ter é de amar uns aos outros. Quem ama os outros obedece à Lei. Os mandamentos: ‘não cometam adultério, não mate, não roube, cobice’, todos esses e ainda outros mais são resumidos num mandamento só: ‘Ame os outros como você ama a você mesmo. Quem tem amor não faz mal aos outros. Portanto amar é obedecer a toda a Lei.” (ROMANOS 13 v. 8-10)

O amor é a principal arma para derrotar satanás, por isso ele vive armando situações para que o ser humano não consiga sentir o verdadeiro amor que vem de Deus.

Jesus pregou o amor porque Ele sabia quem é satanás e a capacidade que ele tem de dominar a mente humana através dos sentimentos malignos: ódio, raiva, inveja, cobiça, ciúme, paixão e orgulho. “Vocês ouviram o que foi dito aos seus antepassados: ‘Não mate. Quem matar será levado à presença do juiz’. Mas Eu lhes digo que qualquer um que ficar com raiva do seu irmão será julgado. Quem disser ao seu irmão: ‘Você não vale nada’ será julgado pelo tribunal. E quem chamar seu irmão de idiota estará em perigo de ir para o fogo do inferno.” (MATEUS 5 v. 21-22)

Quem ama não fica com raiva, não sente inveja, não cobiça, não é orgulhoso, não fala palavras que ofendem os outros, não usa de desonestidade, falsidade. Quem ama não é usado por satanás para fazer mal aos outros. Por isso satanás tem ódio de quem ama, pois ele não pode manipular essa pessoa.

Jesus nos deu uma grande lição de amor através desse ensinamento:
“Vocês sabem o que foi dito: ‘Ame os seus amigos e odeie os seus inimigos’. Mas Eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem pelos que perseguem vocês para que vocês se tornem filhos do Pai que está no céu. Porque Ele faz o sol brilhar para os bons e os maus e dá a chuva tanto aos que fazem o bem como aos que fazem o mal. Se vocês amam somente aqueles que os amam, por que esperam alguma recompensa de Deus? Até os cobradores de impostos amam aqueles que os amam! Se vocês falam somente com os seus amigos, o que é que fazem demais? Até os pagãos fazem isso! Portanto sejam perfeitos em amor, assim como é perfeito o Pai de vocês, que está no céu.” (MATEUS 5 v. 43-48)

Quem ama tem a capacidade de perdoar uma traição. Porque o amor vem do Pai, o Deus Todo-Poderoso, e Ele perdoa a todos que se arrependem, mesmo que tenham sido infiéis a Ele.

Quem ama é calmo, misericordioso, paciente, sabe falar palavras de conforto, não magoa ninguém, está sempre atento para ajudar seu próximo.

“A mensagem que vocês ouviram desde o princípio é esta: Que nos amemos uns aos outros. Não sejamos como Caim que pertencia ao Diabo e matou o próprio irmão. E por que o matou? Porque o que Caim fazia era mau, e o que seu irmão fazia era bom.” (I JOÃO 3 v. 11-12)

Só vence as guerras espirituais quem tem amor por Deus e pelos seus irmãos, pois não cairá nas armações do inimigo para fazer mal ao próximo e desagradar a Deus.

O amor é uma dádiva divina, mas são poucos os que buscam essa dádiva. A maioria está contaminada com um sentimento maligno que é a paixão.

A paixão é um sentimento maligno que está destruindo muitas famílias. A paixão é possessiva, traz desunião, ciúmes, brigas, mentiras, inveja, ódio, ressentimento, raiva, cobiça, desrespeito...

O casal que vive uma paixão só vive brigando: um vive sempre com ciúme do outro, um acha que é dono do outro, um fala mal do outro, não existe respeito. No lar dessas pessoas não existe paz. Só na hora do sexo que tem uma pausa, mas depois que termina o desejo da carne, começa tudo de novo, brigas e desunião.

Muitos pais pensam que amam seus filhos, mas o que sentem é paixão, pois se amassem corrigiriam para que cresçam e se tornem pessoas corretas. Não entregariam seus filhos nas mãos de satanás deixando fazer tudo que querem e ainda protegem quando fazem o que é errado. A paixão cega o ser humano e por isso não enxergam que estão agindo erradamente.

Nosso Deus e Pai nos ama, pois Ele não deixa de nos corrigir para que possamos um dia estar ao lado Dele.

Todos os dias Deus dá oportunidade a cada filho para que enxergue o caminho errado que está seguindo, mas infelizmente muitos não conseguem enxergar.

“Preste atenção, meu filho, quando o Senhor o castiga, e não desanime quando Ele o repreende. Porque o Senhor corrige quem Ele ama e quem aceita como filho”. Os nossos pais humanos nos corrigiam durante pouco tempo, pois achavam que isso era certo; mas Deus nos corrige para o nosso próprio bem, para que participemos da Sua santidade.”
(HEBREUS 12 v. 5-6, 10)

Leia no livro EU SOU QUEM SOU o capítulo O AMOR e peça a Deus para lhe ensinar a amar, a enxergar as pessoas com misericórdia.

Que Deus o abençoe!

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS