CONHEÇA A VERDADE E ELA O LIBERTARÁ

“Então Jesus disse aos judeus que acreditavam Nele:
- Se vocês obedecerem às Minhas palavras, serão de fato Meus seguidores e conhecerão a verdade, e a verdade os libertará.”
(JOÃO 8 v. 31-32)

Os seres humanos são escravos de muitas coisas sem saber, porque não conhecem a verdade. A verdade da qual Jesus fala são os ensinamentos de Deus. Quando você conhecer os ensinamentos do Espírito Santo, perceberá que é escravo de muitas coisas.
Muitos dirão: “Eu não sou escravo!” Estão enganados, pois todos são escravos de alguma coisa:

- preocupação com os filhos: isso é absurdo, mas todos acham normal. Os pais já começam a ser escravos do filho antes do nascimento, pois a mãe começa a ter desejos de comer coisas difíceis de achar e as pessoas acham normal. Depois que o filho nasce vem a preocupação com o futuro dele. Os pais passam a viver em função daquele filho. Quando chega a adolescência, a escravidão aumenta: muitos pais passam a noite acordados preocupados enquanto o filho se diverte. Isso é um espírito maligno que está te escravizando com esse excesso de preocupação.

- trabalho: as pessoas não têm tempo para nada. Vivem estressadas e deixam de aproveitar bons momentos por causa da vida agitada. As pessoas querem ter dinheiro, mas não enxergam que quanto mais têm, mais querem ter: nunca estão satisfeitas. E por isso estão sempre preocupadas em progredir, em expandir seus negócios, em conseguir ser promovidos... estão sempre estudando, tentando se qualificar... e não percebem que tudo isso é ilusão: quanto mais trabalho, mais preocupações e aborrecimentos.
Quando chegam à velhice estão doentes, sozinhos, amargurados. E do que adiantou tanto esforço? Se enxergassem a vida com os olhos de Deus veriam que ter paz de espírito, tranqüilidade e o suficiente para sustentar sua família e pagar suas contas é o bastante para viverem bem.

- paixões: as pessoas dizem: “Quem é que nunca sofreu por amor?” O amor vem de Deus e não traz sofrimento, porque Deus ensina como amar. Esse sentimento que traz sofrimento e escravidão vem da natureza humana e se chama paixão, que muitos pensam que é amor. O amor traz alegria, compreensão, paciência, misericórdia, satisfação e paz de espírito. Se você está sofrendo por causa de um sentimento por alguém, peça a Deus que te liberte dessa escravidão.

- sexo: nos dias de hoje, o sexo tornou-se algo essencial na vida das pessoas. A mídia exalta o corpo, a beleza física, a sensualidade de tal forma que atiça desejos nas pessoas. E por não terem domínio próprio as pessoas se relacionam colocando os desejos da carne acima de tudo. O resultado é o que vemos: relacionamentos complicados, onde as pessoas só permanecem juntas por causa da atração sexual.
Muitos homens e muitas mulheres acham que a beleza é fundamental numa vida conjugal. O homem acha que uma mulher bonita e com um corpo atraente conseguirá satisfazê-lo sexualmente, e a mulher também acha que um homem bonito e com um corpo atlético, vai satisfazê-la. Esses pensamentos são errados. Você não percebe que está sendo escravo dos prazeres da carne e quando acaba aquele momento de prazer, fica sempre um vazio. Muitos continuam procurando alguém para preencher esse vazio, só que não enxergam que o importante não é a beleza física e sim o amor, o qual você só irá encontrar quando conhecer os ensinamentos de Deus, pois Ele abrirá os teus olhos para que você enxergue o que realmente é belo. A beleza desse mundo é enganosa!

- cobiça: as pessoas se endividam, passam apertos, sofrem para conseguirem o que cobiçam: bens materiais, roupas, móveis... a compulsão de comprar tem deixado muita gente em má situação.

- avareza: muitos são apegados ao dinheiro, vivem mal, mas sempre querem guardar o dinheiro em vez de usá-lo para ter uma vida melhor ou ajudar os outros.

- mentira: um tipo de escravidão de muita gente que não passa um dia sem mentir. Muitos de vocês que mentiram no passado, hoje sofrem as conseqüências e são escravos dessa mentira.

- sentimentos ruins: o ódio, a inveja, a amargura, o rancor, o medo, a ansiedade, a tristeza, o desânimo ocupam o coração de muita gente e trazem maldições para vida dessas pessoas. Vocês não podem se acomodar com esses sentimentos no coração. Vocês precisam se libertar e serem felizes, terem bons sentimentos no coração.

- televisão: muita gente fica horas assistindo programas, novelas, jogos e um monte de bobagens que enchem a cabeça das pessoas com coisas inúteis que influenciam suas opiniões e causam discussões, julgamento, fofocas...

- internet: que foi criada para ajudar em muitas coisas, mas se tornou um meio de praticarem coisas terríveis: pedofilia, roubos, expor sua vida, suas intimidades... Muitos não conseguem ficar sem acessar a internet, ficam nervosos e ansiosos se não olharem seus e-mails, Orkut, blogs... Não sabem utilizar a internet de uma forma sadia e se tornam escravos.

- mídia: a moda, as gírias, as propagandas tornam as pessoas escravas porque se não obedecerem a mídia, acham que vão ser discriminadas por não se vestirem como a moda dita ou não agirem como a mídia ensina.

- vaidade: uma escravidão que já levou muita gente à morte. Ser vaidoso é ser escravo. A pessoa se importa tanto com o que os outros dizem que qualquer comentário traz tristeza e sofrimento. E por isso fazem qualquer coisa para serem admiradas e elogiadas. Mas, tem uma coisa que as pessoas não sabem: se você se preocupa demais com sua aparência, se esquece de cuidar do coração, para que ele esteja limpo, bonito, transmita coisas boas e transforme o seu rosto e sua aparência de uma forma bonita diante de Deus e das pessoas.

- vícios: bebidas, cigarros, drogas. Existem pessoas que não conseguem se libertar dessa escravidão, que os pode levar a morte. Por não enxergarem que são escravas, continuam fumando, bebendo, se drogando. Alguns dizem: “Não estou fazendo mal a ninguém, estou fazendo mal a mim mesmo” ou então “Se eu beber ou não, vou morrer do mesmo jeito”. Mas pior do que a morte é você ficar dando trabalho ou trazendo problemas aos outros e sofrendo com doenças que você contrai pelo vício da bebida, do cigarro e das drogas.

Há muitos outros tipos de escravidão nesse mundo que Deus pode te mostrar e te libertar.

O Espírito de Deus veio através deste livro abrir seus olhos e te libertar da escravidão do mundo. Pois esse é o trabalho do Espírito Santo: te trazer de volta para Deus, te libertando de todo tipo de escravidão. Mas para isso acontecer é preciso que você reconheça e queira se libertar, pois o Espírito Santo não invade o coração de ninguém. Ele bate à porta e se você quiser deixar, Ele vem te ensinar.

Faça um teste: ore e peça ao Espírito Santo para que te mostre do que você é escravo.

Um rapaz contou que sua mãe tem mania de limpeza: está sempre limpando uma coisa, ajeitando outra e passa o dia inteiro assim. O grande problema é que ela sempre se aborrece quando alguém entra calçado em sua casa, deixa cair migalhas no chão ou outras bobagens que acontecem. Dessa forma ela vive aborrecida e aborrece os outros.

Muitas pessoas vivem dessa forma dando importância a um monte de bobagens.

Uma senhora disse que vivia da mesma forma, sempre limpando tudo e brigando com quem sujasse. Chegou um ponto em que ela se cansou de tanto estresse e orou a Deus dizendo: “Senhor, eu não agüento mais! Todos os dias eu me aborreço com minha família que está sempre atrasando meu serviço. Eu brigo com eles e eles brigam comigo. Nem quando nos reunimos para almoçar ou assistir um filme eu tenho sossego. Estou sempre observando se alguém vai sujar o que eu limpei.

Pai me ajude. Não sei como devo agir e estou cansada de tantas brigas.”

E Deus lhe respondeu: “Minha filha, você está sendo escrava de suas tarefas e está dando prioridade ao chão da sua casa, em vez de cuidar de sua família. Você está cega espiritualmente, pois você só enxerga o que os seus olhos humanos conseguem ver. Você não está percebendo que o chão e as coisas que você limpa e arruma estão trazendo discórdia e desunião para dentro de sua casa. Preste atenção: você pode fazer suas tarefas e deixar sua casa limpa, mas não seja escrava disso. Você pode pedir que sua família conserve as coisas limpas, mas não deve se aborrecer e brigar por causa de bobagens. O que é mais importante para você: a limpeza de sua casa ou a união e o amor de sua família? Pense bem nisso e não dê importância ao que não tem valor.”

E essa senhora passou a orar todos os dias pedindo que Deus ajudasse a organizar sua casa e a cuidar de sua família.       

Uma senhora contou que gostava muito de assistir novelas, não perdia nenhuma e ficava aborrecida quando o seu marido ou os filhos chegavam em casa e a atrapalhavam de assistir as novelas. Um dia ela foi ao culto e o pastor pregou a respeito do mal que determinados programas de televisão causavam às pessoas. Ela disse: “Isso é bobagem, não vejo mal algum nas minhas novelas. Ao contrário, distraem a minha cabeça.”

Depois de alguns dias ela percebeu que Deus havia mandado um recado para ela e continuou: “Eu percebi que estava enganada, pois não enxergava o que estava acontecendo comigo: eu ficava com raiva do meu marido, dos meus filhos e comecei a tratá-los mal, por causa de uma novela. Então orei e pedi ao Espírito Santo para me libertar dessa escravidão. Parei de assistir novelas e minha vida melhorou muito: meus filhos e meu marido notaram a minha mudança e disseram: ‘A senhora estava se tornando uma pessoa horrível, ninguém podia chegar perto na hora da novela.’ Meu marido disse que nem tinha vontade de voltar para casa. Então percebi que aquilo que eu pensava que estava me distraindo, na verdade estava me afastando da minha família.”

Um rapaz dando seu testemunho disse: “Eu era escravo da religião e não sabia. Todo evento que tinha em minha igreja, eu estava lá ajudando; nunca faltei a nenhum culto. Quando saía para evangelizar não media esforços, pois queria ganhar muitas almas para Jesus.

Certo dia saí para evangelizar, encontrei uma pessoa e comecei a falar sobre o que estava escrito na Bíblia e de como a igreja funcionava: eventos, doutrinas... De repente a pessoa me perguntou:

- Posso falar?
- Claro que pode – respondi.
Então a pessoa disse:
- Você só está usando a Bíblia para me condenar, porque não estou na igreja. Em vez de falar de Jesus está falando da igreja. Eu quero saber o que Jesus tem para mim e não o que a sua igreja permite ou não.

Aí fiquei calado sem saber o que dizer. Chegando em casa, eu orei e perguntei a Deus: “Senhor estou fazendo alguma coisa que te desagrada? Pois sou um servo fiel e dedicado, vou aos cultos, saio para evangelizar, tudo que é para o Senhor eu faço com prazer.” E o Senhor respondeu: “Você não está fazendo nada para Mim, pois você despreza seus pais porque eles não são da igreja, julga seus irmãos, não respeita as pessoas e quer obrigá-las a ir para a igreja. Se de fato Me adorasse e Me respeitasse não faria essas coisas.”

Eu fiquei muito triste. Então parei para analisar e percebi que por estar muito empolgado não percebia que era um escravo da religião.”

Hoje esse rapaz serve a Deus e não a religião: tudo que vai fazer pergunta ao Espírito Santo como deve agir; quando sai para evangelizar fala do amor de Deus pelas pessoas; lê a Bíblia para os pais e eles gostam de ouvir, pediu perdão a eles e hoje respeita o direito de escolha deles. O Espírito Santo transformou-o numa nova criatura. Antes as pessoas corriam dele; hoje elas o recebem bem. E o rapaz terminou dizendo: “Hoje eu compreendo e tenho misericórdia dos meus irmãos, porque Deus teve misericórdia de mim.”

As pessoas vivem escravizadas, mas não enxergam e muitos acham que serão felizes se tiverem tudo que desejam. Vocês estão cegos e não percebem que a natureza humana só deseja coisas que trazem sofrimento e insatisfação.

Sabem por que vocês são escravos? Porque não amam ao Deus e Pai, não dão prioridade a Ele, não dão valor ao que Ele faz por vocês e não colocam em prática os Seus ensinamentos. O amor que Ele tem por você é tão grande, que enviou Seu Filho Jesus para te libertar da escravidão e te ensinar a dar valor ao que realmente merece valor. Mas todos estão tão preocupados em ter as coisas que agradam aos olhos e em ter uma felicidade mentirosa, que esquecem que só estão de passagem por esse mundo. E se não derem atenção aos ensinamentos de Deus, serão escravos do diabo na eternidade.

“Não amem o mundo, nem as coisas que há nele. Se vocês amam o mundo, não amam a Deus, o Pai. Nada que é deste mundo vem do Pai. Os maus desejos da natureza humana, a vontade de ter o que agrada aos olhos e o orgulho pelas coisas da vida, tudo isso não vem do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, com tudo aquilo que as pessoas cobiçam; porém aquele que faz a vontade de Deus vive para sempre.” (I JOÃO 2 v. 15-17)

As preocupações não vêm de Deus e sim da natureza humana, que só vive ocupada com este mundo. Se você confiar em Deus, não vai se preocupar com nada nessa vida. Pois aqueles que temem e amam a Deus sabem o que Ele é capaz de fazer por eles. São poucos os que têm essa fé: “Por isso Eu digo a vocês: não se preocupem com a comida e com a bebida que precisam para viver nem com a roupa que precisam para se vestir. Afinal, será que a vida não é mais importante do que a comida? E será que o corpo não é mais importante do que as roupas? Portanto, não fiquem preocupados, perguntando: ‘Onde é que vamos arranjar comida?’ ou ‘Onde é que vamos arranjar bebida?’ ou ‘Onde é que vamos arranjar roupas?’ Pois os pagãos é que estão sempre procurando essas coisas. O Pai de vocês, que está no céu, sabe que vocês precisam de tudo isso. Portanto, ponham em primeiro lugar na sua vida o Reino de Deus e aquilo que Deus quer, e Ele lhes dará todas essas coisas.(MATEUS 6 v. 25, 31-33)

Quando damos atenção aos ensinamentos de Jesus e colocamos em prática o que o Espírito Santo nos ensina, nos tornarmos pessoas livres de todo tipo de escravidão. Pois para ser livre é preciso amar a Deus e colocar em prática os ensinamentos de Seu Filho Jesus Cristo. Mas ninguém se lembra que existe um Deus que pode nos fazer feliz. Ninguém se preocupa em fazer a vontade de Deus.

O inimigo quer ocupar sua mente para que, em nenhum momento, você lembre que existe um Deus o qual pode te libertar. Pois se você estiver em comunhão com Deus não será escravo do inimigo. Em qualquer situação Deus te dará sabedoria para resolver seus problemas. Enquanto você está sendo escravo de alguma coisa, seu tempo está sendo desperdiçado, pois você poderia estar usando este tempo para evoluir espiritualmente. Não se esqueça que há vida após a morte e se não dermos importância a isso, o final será trágico. “Queridos amigos, lembrem que vocês são estrangeiros de passagem por este mundo. Peço, portanto, que evitem as paixões carnais que estão sempre em guerra contra a alma. Vivam como pessoas livres. Não usem a liberdade para encobrir o mal, mas vivam como escravos de Deus.” (I PEDRO 2 v. 11, 16)

Quando se diz escravo de Deus não é ser escravo do pastor ou da religião, é ser obediente aos ensinamentos de Deus.

Não seja escravo de sua natureza humana. Obedeça a Deus e deixe o Espírito Santo dirigir sua vida. Leia este livro por inteiro e siga os ensinamentos dados pelo Espírito.

Ore sempre, pois a oração é a sua arma contra a tentação maligna. Fique atento! Satanás vai fazer de tudo para que você não tenha vontade de orar. Se você estiver ligado o tempo todo com Deus, com certeza não será escravo de satanás. Ocupe sua mente com os ensinamentos de Deus: leia a Bíblia e peça sabedoria ao Espírito Santo para entendê-la. Não existe nada melhor nesse mundo do que ouvir os conselhos de Deus. Ele sabe como te ensinar a passar bons momentos aqui na terra.         

Peça orientação e tranqüilidade ao Espírito Santo para tudo que você for fazer: vestibular, provas, entrevistas de emprego, namoro e em qualquer mudança em sua vida. Só assim, com a orientação e a tranqüilidade que Deus dá, você poderá ter uma vida melhor e principalmente, não será escravo de nada. “Cristo nos libertou para que nós sejamos realmente livres. Por isso, continuem firmes como pessoas livres e não se tornem escravos novamente.” (GÁLATAS 5 v. 1)

Que Deus o abençoe!

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS