DANIEL

Conta a história de quatro homens servos de Deus: Daniel, Ananias, Misael e Azarias.

Mesmo vivendo sob domínio de um rei estrangeiro, eles não se envolveram com seus costumes nem perderam a fé em Deus.

O rei Nabucodonosor instituiu uma ordem para que todos se curvassem diante de sua estátua. Mas os amigos de Daniel se recusaram, não por orgulho nem afronta ao rei, mas por obediência ao mandamento do Deus Eterno: “Não adore outros deuses; adore somente a Mim.” (ÊXODO 20 v. 3)

Por isso foram condenados à fornalha.

Como servos de Deus tinham fé de que Ele os poderia salvar. E com humildade, sem exigir nada de Deus, eles disseram:
“- Ó rei, nós não vamos nos defender. Pois, se o nosso Deus, a quem adoramos, quiser, Ele poderá nos salvar da fornalha e nos livrar do seu poder, ó rei. E mesmo que o nosso Deus não nos salve, o senhor pode ficar sabendo que não prestaremos culto ao seu deus, nem adoraremos a estátua de ouro que o senhor mandou fazer.” (DANIEL 3 v. 16-18)

Então, meus irmãos, entendam que para servir a Deus é preciso ter fé e humildade. Ninguém pode exigir coisa nenhuma de Deus, como muitos estão pregando por aí. Aqueles homens estavam dispostos a morrer, mas não desobedeceriam uma ordem de Deus. E como o Todo-Poderoso Deus é justo salvou-os da morte.

Outra coisa que devemos aprender neste livro é que a obediência a Deus traz a imunidade ao mal. Daniel e os outros viviam em meio a costumes e práticas que desagradavam a Deus porque não tinham escolha, mas não se contaminaram. Hoje nenhum servo de Deus deve estar envolvido em meios onde há roubo, adultério, mentira, corrupção e maldade. Não devem estar envolvidos com política que é hoje uma praga na sociedade, onde tudo o que é sujo acontece.

Nesse livro foram dados exemplos de fé e obediência a Deus, por isso o nome do Senhor foi exaltado. Hoje os exemplos são maus porque as pessoas estão mais preocupadas com luxo e riqueza ao invés de procurar agradar a Deus, por isso Seu Santo nome está desacreditado.

É preciso uma mudança de atitude em favor do bem e mudança nos seus corações para que o amor de Deus habite e possa transformar sua vida e a de quem estiver a sua volta.

Todos conhecem a história de Daniel na cova dos leões. Mas como ele foi parar lá?
“Os outros ministros e os governadores procuraram achar um motivo para acusar Daniel de ser mau administrador, mas não encontraram. Daniel era honesto e direito, e ninguém podia acusá-lo de ter feito qualquer coisa errada. Então foram todos juntos falar com o rei e disseram:
- Que o rei Dario viva para sempre! Todos nós que ocupamos posições de autoridade no reino, isto é, os ministros, os governadores, os prefeitos e as outras autoridades, nos reunimos e concordamos em pedir ao senhor que dê uma ordem que não poderá ser desobedecida. Ordene que durante trinta dias todos façam os seus pedidos somente ao senhor. Se durante esse tempo alguém fizer um pedido a qualquer deus ou a qualquer outro homem, essa pessoa será jogada na cova dos leões. Portanto, ó rei, dê a ordem e a assine a fim de que não possa ser anulada. De acordo com a lei dos medos e dos persas, essa ordem não poderá ser anulada.
O rei concordou; assinou a ordem e mandou que fosse publicada.
Quando Daniel soube que o rei tinha assinado a ordem, voltou para casa. No andar de cima havia um quarto com janelas que davam para Jerusalém. Daniel abriu as janelas, ajoelhou-se e orou, dando graças ao seu Deus. Ele costumava fazer isso três vezes por dia.
Então o rei mandou que trouxessem Daniel e o jogassem na cova dos leões. E o rei disse a Daniel:
- Espero que o seu Deus, a quem você serve com tanta dedicação, o salve.
De manhã, cedinho, ele se levantou e foi depressa até a cova dos leões. Ali, com voz muito triste, ele disse:
- Daniel, servo do Deus vivo! Será que o seu Deus, a quem você serve com tanta dedicação, conseguiu salvá-lo dos leões?
Daniel respondeu:
- Que o rei viva para sempre! O meu Deus mandou o Seu Anjo, e este fechou a boca dos leões para que não me ferissem. Pois Deus sabe que não fiz nada contra Ele. E também não cometi nenhum crime contra o senhor.
O rei, muito alegre, mandou que tirassem Daniel da cova. Assim ele foi tirado, e viram que nenhum mal havia acontecido com ele, pois havia confiado em Deus.
E Daniel continuou a ser uma alta autoridade no governo durante o reinado de Dario e depois durante o reinado de Ciro, da Pérsia.” (DANIEL 6 v. 4, 6-10, 16, 19-23, 28)

Hoje está difícil achar servos que confiem em Deus assim, por qualquer bobagem as pessoas perdem a fé e deixam de orar e acreditar em Deus. Aquele que viver em obediência a Deus nunca estará a mercê das maldades que acontecerão neste mundo.

Leia mais em Textos Bíblicos, Daniel.

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS