DEUTERONÔMIO

No livro de Deuteronômio estão os discursos que Moisés fez quando o povo de Israel estava na terra de Moabe, a leste do rio Jordão. Depois de terem caminhado quarenta anos pelo deserto, os israelitas estavam prontos para atravessarem o Jordão e tomarem posse da terra de Canaã.

Nesses discursos Moisés faz o povo se lembrar do que Deus havia feito nesses quarenta anos, como os havia livrado da escravidão do Egito e os havia levado pelo deserto para a terra prometida. Ele manda o povo obedecer a Deus e cumprir sua parte do acordo que Deus havia feito com eles e avisa que serão castigados se forem desobedientes. Moisés entrega novamente os dez mandamentos e fala de importância do primeiro mandamento, que ordena que o povo de Israel adore somente o Eterno, o Deus dos seus antepassados. Moisés também chama a atenção do povo para as outras leis e ordens que devem governar a vida dos israelitas.

Finalmente Moisés escolhe Josué para ficar no seu lugar e, obedecendo à ordem de Deus, sobe o monte Pisga, de onde vê a terra de Canaã, no outro lado rio Jordão. Ali no monte morre Moisés, o maior de todos os profetas de Israel.

Acima de tudo o livro de Deuteronômio mostra o amor que Deus tem pelos israelitas. O Deus Eterno os escolheu para serem o Seu povo. Portanto, eles devem amá-lo e obedecer aos seus mandamentos para que continuem a receber as bênçãos de Deus na terra onde vão morar.

A passagem-chave do livro se encontra em 6 v. 4-6. Ali está o mandamento que Jesus chamou o mais importante de todos: “Ame o Eterno, o nosso Deus, com todo o coração, com toda a alma e com todas as forças.”

DEUS NÃO DEIXARÁ MOISÉS ENTRAR EM CANAÃ

- Nessa ocasião eu também orei a Deus, o Senhor, dizendo:
“Ó Senhor, meu Deus, eu sei que começaste a mostrar a Tua grandeza e o Teu poder a mim, Teu servo. Pois não existe outro deus no céu ou na terra que possa fazer coisas tão grandes e maravilhosas como Tu tens feito! Peço-te, pois, que me deixes atravessar o rio Jordão e ver a boa terra que fica no outro lado, a bela região montanhosa e os montes Líbanos.”
- Mas por causa de vocês o Senhor estava irado comigo e não atendeu o meu pedido. Pelo contrário, ele disse: “Chega! Não fale mais nisso! Suba o monte Pisga e lá de cima olhe para o norte e para o sul, para o leste e para o oeste. Olhe bem toda a terra, pois você não vai atravessar o rio Jordão. Dê conselhos a Josué; anime-o e encoraje-o, pois ele vai comandar o povo de Israel na conquista desta terra que você está vendo.”
- Então paramos no vale que fica perto da cidade de Bete-Peor. (DEUTERONÔMIO 3 v. 23-29)

MOISÉS ACONSELHA O POVO A SER OBEDIENTE

Depois Moisés disse ao povo de Israel:
- Obedeçam a todas as leis e a todas as ordens que eu estou dando a vocês agora, para que vivam e tomem posse da terra que o Senhor, o Deus dos nossos antepassados, vai dar a vocês.
Não acrescentem nada à lei que lhes estou dando, nem tirem dela uma só palavra. Guardem todos os mandamentos do Senhor, nosso Deus. Vocês mesmos viram o que o Senhor fez perto do monte Peor, como matou todas as pessoas do nosso povo que ali adoraram o deus Baal. Mas aqueles que continuaram fiéis a Deus, o Senhor, ainda estão vivos.
- Como o Senhor, meu Deus, me ordenou, eu lhes tenho ensinado as leis e os mandamentos que vocês deverão guardar na terra que vão invadir e que vai ser de vocês. Portanto, obedeçam fielmente a todas essas leis, e assim os outros povos verão que vocês são sábios e inteligentes. Quando ouvirem falar dessas leis, eles dirão: “Como é sábio e inteligente o povo dessa grande nação!”
- Nenhuma outra grande nação tem um deus que fique tão perto do seu povo como o Senhor, nosso Deus, fica perto de nós. Ele nos ouve todas as vezes que pedimos a Sua ajuda. E será que existe outra grande nação que tenha mandamentos e ensinamentos tão direitos como essa lei que estou lhes dando hoje? Portanto, tenham cuidado e sejam fiéis para que nunca esqueçam as coisas que viram. E contem aos seus filhos e netos o que aconteceu no monte Sinai naquele dia em que vocês estiveram na presença do Senhor, nosso Deus, quando Ele me disse: “Reúna esse povo na Minha presença para que escutem o que vou dizer, a fim de que aprendam a temer-me a vida inteira e assim ensinem os seus filhos.”
- Então vocês foram e ficaram ao pé do monte Sinai, que estava completamente coberto de escuridão e de nuvens negras. Em cima do monte havia um fogo, e as suas chamas subiam até o céu. Do meio do fogo o Senhor Deus falou com vocês; vocês ouviram a voz Dele, mas não viram ninguém; só escutaram a voz. Deus lhes anunciou a aliança que estava fazendo com vocês e mandou que obedecessem aos dez mandamentos, que depois escreveu em duas placas de pedra. E ao mesmo tempo o Senhor mandou que eu lhes ensinasse as leis e os mandamentos que vocês devem seguir na terra que vão invadir e que vai ser de vocês. (DEUTERONÔMIO 4 v. 1-14)

AVISO CONTRA ADORAÇÃO DE ÍDOLOS

"Moisés continuou:
- Quando o Senhor, nosso Deus, falou com vocês do meio do fogo no monte Sinai, vocês não viram a forma de ninguém. Portanto, tenham todo o cuidado e não cometam o erro de fazer imagens para adorar. Não façam nenhuma imagem que sirva de ídolo, seja em forma de homem, ou de mulher, ou de animal, ou de ave, ou de animal que se arrasta pelo chão, ou de peixe. E, quando olharem para o céu, não caiam na tentação de adorar o sol, a lua ou as estrelas. Pois o Senhor, nosso Deus, repartiu o sol, a lua e as estrelas entre os outros povos, para que eles os adorem. Mas vocês são o povo que o Senhor tirou do Egito, aquela fornalha acesa, para serem somente Dele, como, de fato, são. Por causa de vocês o Senhor Deus ficou irado comigo e jurou que eu nunca atravessaria o rio Jordão, nem entraria na boa terra que o Senhor, nosso Deus, lhes está dando. Eu não vou atravessar o rio Jordão; vou morrer aqui mesmo. Mas vocês vão atravessá-lo e tomar posse daquela boa terra.Tenham o cuidado de não esquecerem a aliança que o Senhor, nosso Deus, fez com vocês. Obedeçam à sua ordem e não façam nenhuma imagem para adorar. Pois o Senhor, nosso Deus, é um fogo destruidor; ele não tolera outros deuses." (DEUTERONÔMIO 4 v. 15-24)

O GRANDE MANDAMENTO

"- Escute, povo de Israel! O Senhor, e somente o Senhor, é o nosso Deus. Portanto, amem o Senhor, nosso Deus, com todo o coração, com toda a alma e com todas as forças. Guardem sempre no coração as leis que Eu lhes estou dando hoje e não deixem de ensiná-las aos seus filhos. Repitam essas leis em casa e fora de casa, quando se deitarem e quando se levantarem.  Amarrem essas leis nos braços e na testa, para não as esquecerem; e as escrevam nos batentes das portas das suas casas e nos seus portões." (DEUTERONÔMIO 6 v. 4-9)

AVISO CONTRA A DESOBEDIÊNCIA

"Moisés continuou:
- O Senhor, nosso Deus, jurou aos nossos antepassados Abraão, Isaque e Jacó que daria essa terra a vocês. É uma terra onde há grandes e ricas cidades, que vocês não construíram;  há casas cheias de objetos de valor, que vocês não ajuntaram; poços de água, que vocês não cavaram; e plantações de uvas e de azeitonas, que vocês não plantaram. Quando o Senhor os levar para essa terra, e vocês tiverem comida à vontade, tenham o cuidado de não esquecerem Deus, que os tirou do Egito, onde vocês eram escravos. Temam o Senhor, seu Deus, sirvam somente a Ele e jurem só pelo nome Dele. Não adorem outros deuses, os deuses dos povos vizinhos. Pois o Senhor, nosso Deus, está com vocês e ele não tolera outros deuses. Se vocês os adorarem, o Senhor ficará irado com vocês e destruirá vocês completamente.

Não ponham à prova o Senhor, seu Deus, como o puseram à prova em Massá. Obedeçam cuidadosamente a todos os mandamentos e leis que Ele lhes deu. Façam aquilo que Deus acha bom e certo, e assim tudo correrá bem para vocês, e vocês entrarão e tomarão posse da boa terra que o Senhor jurou dar aos nossos antepassados. E, conforme prometeu, Ele expulsará todos os inimigos que vocês enfrentarem.

No futuro os seus filhos perguntarão: 'Por que foi que o Senhor, nosso Deus, nos deu estes mandamentos e estas leis?'  Aí vocês responderão: 'Nós éramos escravos do rei do Egito, mas o Senhor, com o Seu grande poder, nos tirou de lá. Nós vimos com os nossos próprios olhos os grandes milagres e as coisas espantosas que Deus fez contra os egípcios e contra o seu rei e toda a gente do seu palácio. E Deus nos tirou do Egito para nos trazer aqui e nos dar esta terra, como havia jurado aos nossos antepassados. Ele nos mandou obedecer a todas estas leis e sempre temer o Senhor, nosso Deus. Se fizermos isso, Ele nos guardará de todo mal, como tem feito até hoje, e tudo sempre correrá bem para nós. E, se tivermos o cuidado de obedecer a todas estas leis que o Senhor, nosso Deus, nos deu, a nossa vida agradará a Ele.'" (DEUTERONÔMIO 6 v. 10-25)

O POVO ESCOLHIDO POR DEUS

Moisés disse ao povo:
- O Senhor, nosso Deus, fará com que vocês entrem na terra que vão possuir e Ele mesmo expulsará os povos que vocês enfrentarem. Conforme vocês forem avançando, Deus derrotará sete povos que são mais numerosos e mais poderosos do que vocês. São eles: os heteus, os girgaseus, os amorreus, os cananeus, os perizeus, os heveus e os jebuseus. O Senhor entregará esses povos nas suas mãos, e vocês os atacarão e destruirão completamente. Não façam nenhum acordo de paz com eles, nem tenham pena deles. Não casem com essa gente, nem vocês, nem os seus filhos ou as suas filhas, pois esses povos farão com que os seus filhos rejeitem a Deus e adorem outros deuses. Aí o Senhor Deus ficará irado com vocês e os destruirá de uma vez. Portanto, derrubem os altares desses povos, quebrem as colunas do deus Baal, cortem os postes-ídolos e queimem todas as imagens. Pois vocês são o povo escolhido pelo Senhor, nosso Deus; entre todos os povos da terra Ele escolheu vocês para serem somente Dele.
- O Senhor Deus os amou e escolheu, não porque vocês são mais numerosos do que outros povos; de fato, vocês são menos numerosos do que qualquer outro povo. Mas o Senhor os amou e com a Sua força os livrou do poder de Faraó, o rei do Egito, onde vocês eram escravos. Ele fez isso para cumprir o juramento que tinha feito aos nossos antepassados. Lembrem que o Senhor, nosso Deus, é o único Deus. Ele é fiel e mantém a Sua aliança. Ele continua a amar, por mil gerações, aqueles que o amam e obedecem aos Seus mandamentos, porém castiga de uma vez os que o rejeitam. Ele não demora em castigá-los e destruí-los. Obedeçam, pois, às leis e aos mandamentos que hoje eu estou dando a vocês e façam tudo o que eu mando.
(DEUTERONÔMIO 7 v. 1-11)

AVISO CONTRA O ORGULHO

- Nunca esqueçam o Senhor, nosso Deus, e tenham o cuidado de obedecer aos Seus mandamentos e às Suas leis, que hoje eu estou dando a vocês. Naquela terra vocês terão toda a comida que quiserem; construirão casas boas, onde morarão; o seu gado e os seus rebanhos aumentarão; vocês ajuntarão mais prata e ouro e terão tudo de sobra. Então, tomem cuidado para não ficarem orgulhosos e esquecerem o Senhor, nosso Deus, que os tirou do Egito, onde vocês eram escravos. Ele os levou por aquele enorme e perigoso deserto, cheio de cobras venenosas e de escorpiões, e onde não havia água. Mas no deserto Deus fez sair água da rocha bruta, para vocês beberem, e lhes deu para comer o maná, uma comida que os seus antepassados não conheciam. Ele fez tudo isso para humilhá-los e para fazê-los passar por provas a fim de abençoá-los mais tarde.
- Portanto, não pensem que foi com a sua própria força e com o seu trabalho que vocês conseguiram todas essas riquezas. Lembrem do Senhor, nosso Deus, pois é Ele quem lhes dá força para poderem conseguir riquezas. Vocês estão vendo que assim Ele está cumprindo a aliança feita por meio de juramento com os nossos antepassados. Mas, se vocês esquecerem o Senhor, e adorarem e servirem outros deuses, eu aviso hoje que vocês certamente morrerão. Se não obedecerem ao Senhor, nosso Deus, então vocês morrerão, como vão morrer os povos que Deus vai destruir na presença de vocês. (DEUTERONÔMIO 8 v. 11-20)

A DESOBEDIÊNCIA DO POVO

Moisés disse ao povo:
- Escute, ó povo de Israel! Hoje vocês vão atravessar o rio Jordão e vão tomar posse de uma terra que pertence a povos mais numerosos e mais poderosos do que vocês. As cidades deles são enormes e são protegidas por muralhas que chegam até o céu. Vocês já ouviram falar dos anaquins, uma raça de gigantes fortes que moram naquela terra; pois todos dizem: “Ninguém pode derrotar os anaquins.” Mas fiquem certos de que o Senhor, nosso Deus, vai hoje na frente de vocês como um fogo que devora tudo. Ele derrotará e destruirá os povos dessa terra, e assim, conforme o Senhor Deus prometeu, vocês irão expulsá-los e matá-los depressa.
- Mas, depois que o Senhor, nosso Deus, tiver expulsado esses povos da presença de vocês, não fiquem pensando assim: “Deus nos trouxe aqui e nos deu esta terra porque somos bons.” Não é por isso; mas Deus vai expulsar esses povos da presença de vocês porque eles são maus. Vocês não vão tomar posse da terra porque são bons e honestos. É por causa da maldade desses povos que Deus vai expulsá-los e também porque o Senhor, nosso Deus, quer cumprir o que prometeu aos nossos antepassados Abraão, Isaque e Jacó. Portanto, fiquem certos de que Deus lhes está dando esta boa terra não porque vocês sejam bons; pelo contrário, vocês são gente teimosa.
- Nunca esqueçam que no deserto vocês provocaram tanto a Deus, o Senhor, que Ele ficou irado com vocês. Desde que saíram do Egito até chegarem aqui, vocês se têm revoltado contra Deus. Até mesmo no monte Sinai vocês o provocaram, e Ele ficou tão irado, que pensou em destruí-los. Eu subi o monte para receber de Deus as duas placas de pedra, nas quais estava escrita a aliança que Ele fez com vocês. Fiquei ali no monte quarenta dias e quarenta noites e durante todo aquele tempo não comi, nem bebi nada. O Senhor Deus me deu as duas placas de pedra. Ele mesmo tinha escrito nelas tudo o que tinha dito a vocês do meio do fogo, quando estavam reunidos ao pé do monte.
- Foi no fim daqueles quarenta dias que o Senhor Deus me deu as duas placas da aliança. Aí Ele me disse: “Desça logo daqui e volte para onde está o povo que você tirou do Egito, pois eles já cometeram um pecado grave. Bem depressa deixaram de seguir as minhas ordens e já fizeram um ídolo de metal para adorar. Eu sei - Deus continuou - que este povo é teimoso. Portanto, não procure me impedir, pois vou destruí-los, e assim ninguém lembrará mais que existiram. E de você, Moisés, e dos seus descendentes farei uma nação maior e mais poderosa do que a deles.”
E Moisés continuou:
- Aí eu desci do monte, do qual subiam chamas de fogo. Levava comigo as duas placas de pedra, as placas da aliança. Quando cheguei perto de vocês, vi que haviam pecado contra o Senhor nosso Deus, e que bem depressa haviam deixado de seguir as suas ordens. Vi o bezerro de metal que vocês haviam feito para adorar. Então, na presença de vocês, joguei as placas de pedra no chão e as quebrei. Depois me ajoelhei diante de Deus, o Senhor, e fiquei ali quarenta dias e quarenta noites com o rosto encostado no chão. Como havia feito antes, não comi nem bebi nada durante aquele tempo. Agi dessa maneira porque vocês pecaram contra o Senhor, fazendo o que Ele condena e provocando a Sua ira. Eu estava com medo da ira e do furor de Deus; Ele estava tão irado, que pensava em destruí-los. Porém mais uma vez Deus atendeu o meu pedido. Ele estava irado também com Arão e pensou em matá-lo; por isso orei também em favor de Arão. Aí peguei o bezerro de metal, aquele objeto nojento que vocês tinham feito, e o joguei no fogo. Depois o quebrei em pedaços, moí tudo até virar pó e atirei o pó no ribeirão que corria monte abaixo.
- Vocês provocaram, de novo, a ira do Senhor Deus, em Taberá, em Massá e em Quibrote-Ataavá. E também o provocaram em Cades-Barnéia, quando Ele mandou que tomassem posse da terra que lhes estava dando. Vocês não confiaram em Deus, mas se revoltaram contra Ele e desobedeceram à Sua ordem. Desde o dia em que eu os conheci, vocês sempre foram rebeldes contra Deus, o Senhor! (DEUTERONÔMIO 9 v. 1-24)

MOISÉS ORA EM FAVOR DO POVO

 E Moisés continuou, dizendo:
- Quarenta dias e quarenta noites fiquei ajoelhado, com o rosto encostado no chão, na presença de Deus, o Senhor, pois Ele tinha dito que iria destruí-los. E orei assim ao Senhor: “Ó Senhor, meu Deus! Eu Te peço que não destruas o Teu povo, o Teu povo escolhido, que com a Tua força e com o Teu poder livraste do Egito. Lembra dos teus servos Abraão, Isaque e Jacó e não dês atenção à teimosia, à maldade e ao pecado deste povo. Pois, se destruíres o Teu povo, os egípcios vão dizer que não pudeste levá-lo para a terra que lhe prometeste. Dirão também que odeias este povo e por isso o levaste ao deserto para matá-lo. Mas eles são o Teu povo, o Teu povo escolhido, que tiraste do Egito com a Tua força e com o Teu grande poder.”
(DETERONÔMIO 9 v. 25-29)

O QUE DEUS EXIGE

"- Povo de Israel, escute o que o Senhor Deus exige de você. Ele quer que vocês o temam e sigam todas as Suas ordens; quer que O amem e que o sirvam com todo o coração e com toda a alma. Obedeçam a todas as leis de Deus que eu estou dando a vocês hoje, para o seu bem. Os mais altos céus são de Deus, o Senhor; a Ele pertencem a terra e tudo o que nela existe. Mas o amor Dele pelos antepassados de vocês foi tão grande, que de todos os povos do mundo Ele escolheu vocês, e até o dia de hoje vocês são o Seu povo escolhido. Portanto, sejam obedientes a Deus e deixem de ser teimosos. Pois o Senhor, nosso Deus, está acima de todos os deuses e autoridades. Ele é grande, poderoso e causa medo. Ele trata a todos igualmente e não aceita presentes para torcer a justiça. Ele defende os direitos dos órfãos e das viúvas; Ele ama os estrangeiros que vivem entre nós e lhes dá comida e roupa. Amem esses estrangeiros, pois vocês foram estrangeiros no Egito. Temam o Senhor, nosso Deus, e adorem somente a Ele; fiquem ligados com Ele e jurem somente pelo Seu nome. Louvem a Deus; Ele é o nosso Deus. Vocês viram com os seus próprios olhos as grandes e espantosas coisas que Deus fez em favor de vocês. Quando os nossos antepassados foram para o Egito, eram somente setenta pessoas; mas agora, por causa das bênçãos do Senhor, nosso Deus, vocês são tantos como as estrelas do céu." (DEUTERONÔMIO 10 v. 12-22)

A GRANDEZA DE DEUS

Moisés disse ao povo:
- Amem o Senhor, nosso Deus, e sempre obedeçam às Suas leis, aos Seus mandamentos e às Suas ordens. Pensem hoje na grandeza de Deus e naquilo que aprenderam a respeito do Seu poder e da Sua força. Foram vocês, e não os seus filhos, que viram e conheceram tudo isso. Lembrem dos milagres e de tudo o que o Senhor Deus fez no Egito contra Faraó, rei do Egito, e contra toda aquela nação. Vocês viram o que Deus fez com o exército dos egípcios e com os seus cavalos e carros de guerra, quando estavam perseguindo vocês. O Senhor fez com que as águas do mar Vermelho os cobrissem e afogassem, e assim acabou com eles para sempre. Vocês viram o que Deus fez no deserto, durante a viagem até este lugar, e também o que fez com Datã e Abirão, filhos de Eliabe, da tribo de Rúben. Na presença de todos a terra se abriu e engoliu os dois, junto com as suas famílias, barracas, empregados e animais. E vocês mesmos viram todos os grandes milagres que o Senhor Deus fez. (DEUTERONÔMIO 11 v. 1-7)

AS BENÇÃO DA TERRA PROMETIDA

- Portanto, obedeçam a todas as leis que hoje estou dando a vocês a fim de que sejam fortes e possam invadir a terra para onde estão indo e tomar posse dela. Assim vocês viverão muitos anos naquela terra boa e rica que o Senhor Deus jurou dar aos nossos antepassados e aos seus descendentes. A terra que vai ser de vocês não é como o Egito, de onde saíram. Ali, depois de semearem a terra, vocês precisavam trabalhar muito para regar o chão, como se fosse uma horta. Porém a terra que vocês vão possuir é uma terra de montes e vales, onde nunca falta chuva. O Senhor, nosso Deus, cuida daquela terra e nunca a esquece, desde o começo até o fim do ano. Portanto, se vocês obedecerem às leis que eu lhes estou dando hoje, e se amarem o Senhor, nosso Deus, e o servirem com todo o coração e com toda a alma, então Ele dará as chuvas no tempo certo, tanto as chuvas do outono como as da primavera. Assim haverá boas colheitas de cereais, de uvas e de azeitonas, e haverá pastos para o gado. Vocês terão toda a comida que precisarem. Tenham cuidado, não deixem que o seu coração seja enganado; não abandonem a Deus para adorar e servir outros deuses.  Se fizerem isso, Deus ficará irado com vocês e não mandará chuvas. Aí a terra não produzirá colheitas, e em pouco tempo vocês desaparecerão da boa terra que o Senhor está dando a vocês.
- Lembrem desses mandamentos e os guardem no seu coração. Amarrem essas leis nos braços e na testa, para que não as esqueçam, e não deixem de ensiná-las aos seus filhos. Repitam essas leis em casa e fora de casa, quando se deitarem e quando se levantarem, e as escrevam nos batentes das portas das suas casas e nos seus portões. Assim vocês e os seus descendentes viverão muitos anos na terra que o Senhor Deus jurou dar aos nossos antepassados. Enquanto o mundo existir, vocês viverão naquela terra.
- Portanto, obedeçam a todas as leis que eu lhes estou dando. Amem o Senhor, nosso Deus, sigam todos os seus mandamentos e fiquem ligados com Ele. Se fizerem isso, Deus expulsará todas essas nações, e vocês tomarão posse de uma terra que pertence a povos mais numerosos e mais poderosos do que vocês. Será de vocês toda a terra por onde andarem, desde o deserto, no Sul, até os montes Líbanos, no Norte; desde o rio Eufrates, no Leste, até o mar Mediterrâneo, no Oeste. Vocês nunca serão derrotados, pois o Senhor, nosso Deus, cumprirá o que prometeu e fará com que todos os povos daquela terra fiquem apavorados com vocês.
(DEUTERONÔMIO 11 v. 8-25)

BENÇÃO E MALDIÇÃO

E Moisés disse ao povo:
- Hoje vou deixar que vocês escolham se querem bênção ou maldição. Vocês receberão a bênção se obedecerem às leis do Senhor, nosso Deus, que estou dando a vocês hoje; ou receberão a maldição, se não obedecerem às Suas leis, mas rejeitarem os mandamentos que eu lhes estou dando hoje e adorarem outros deuses que vocês não conheciam. Quando o Senhor Deus os levar para a terra que vão possuir, vocês anunciarão a bênção no monte Gerizim e a maldição no monte Ebal. (Esses dois montes ficam na terra dos cananeus, a oeste do rio Jordão, na região do vale do Jordão. Ficam perto da cidade de Gilgal, não longe das árvores sagradas de Moré.)
- Agora vocês vão atravessar o rio Jordão e tomar posse da terra que o Senhor, nosso Deus, lhes está dando. Portanto, depois de invadirem a terra e começarem a morar lá, tenham o cuidado de obedecer a todas as leis e mandamentos que hoje eu estou dando a vocês. (DEUTERONÔMIO 11 v. 26-32)

A ADORAÇÃO DE DEUSES PAGÃOS

Moisés continuou, dizendo:
- O Senhor, nosso Deus, acabará com os povos da terra que vocês vão invadir e que vai ser de vocês. Portanto, quando estiverem morando lá, não imitem aquela gente. Não sigam a religião deles, nem adorem os seus deuses, pois isso seria um pecado mortal. Não adorem o Senhor, nosso Deus, do jeito que aqueles povos adoram os seus deuses, pois Ele odeia e detesta tudo o que esses povos fazem nas suas reuniões religiosas. Eles até chegam a oferecer a esses deuses os filhos e as filhas para serem queimados em sacrifício no altar.
- Obedeçam a todas as leis que eu estou dando a vocês, sem acrescentar nem tirar nada.
- Se aparecer no meio de vocês um profeta ou alguém que explique sonhos, dizendo que vai acontecer um milagre ou outra coisa espantosa, e, se acontecer aquilo que ele disse, então ele vai procurar levá-los a adorar e servir deuses que vocês não conheciam. Mas não dêem atenção a esse profeta ou a essa pessoa que explica sonhos. Pois é assim que o Senhor, nosso Deus, vai pôr vocês à prova, para ver se, de fato, o amam com todo o coração e com toda a alma. Sigam as leis do Senhor, nosso Deus; temam a Deus, obedeçam aos Seus mandamentos e dêem atenção a tudo o que Ele diz. Adorem somente a Deus e fiquem ligados com Ele. E o profeta ou o explicador de sonhos que procurou levá-los a se revoltarem contra Deus será morto. Pois ele procurou desviá-los do caminho indicado pelo Senhor, o Deus que livrou vocês do Egito, onde eram escravos. Matem esse falso profeta e assim tirarão o mal do meio do povo.
- Talvez chegue perto de você o seu irmão, ou o seu filho, ou a sua filha, ou a sua querida esposa, ou o seu melhor amigo, procurando em segredo levá-lo a adorar outros deuses que nem você nem os seus antepassados adoravam. Essa pessoa pode procurar levá-lo a adorar os deuses de povos vizinhos ou de povos que vivem longe, em lugares distantes. Não deixe que essa pessoa o convença, nem escute o que ela disser. Não tenha dó nem piedade dela e não procure protegê-la. Mate essa pessoa a pedradas; atire a primeira pedra, e, depois, que todos os outros atirem pedras também. Assim vocês matarão essa pessoa, pois procurou fazer vocês abandonarem o Senhor, nosso Deus, que os livrou do Egito, onde eram escravos. Todo o povo de Israel saberá do que aconteceu; todos ficarão com medo, e ninguém vai querer fazer uma coisa tão má como essa no meio do povo.
- Quando vocês estiverem morando nas cidades da terra que o Senhor, nosso Deus, vai lhes dar, talvez vocês ouçam dizer que em certa cidade alguns homens perversos levaram os moradores a adorar deuses que vocês nunca adoraram. Aí vocês deverão examinar o caso com todo o cuidado. Se ficar provado que, de fato, foi cometido um pecado tão grave no meio do povo de Israel, então vocês deverão matar à espada todos os moradores daquela cidade. Matem também os animais e arrasem a cidade. Depois peguem todos os objetos de valor que encontrarem, amontoem na praça e queimem tudo e também a cidade, como oferta ao Senhor, nosso Deus. Vai ficar só um montão de ruínas, e nunca mais será construída uma cidade naquele lugar. Não guardem para vocês nada do que for condenado à destruição. Assim o Senhor deixará de ficar irado e terá pena de vocês. Deus terá compaixão e, como jurou aos nossos antepassados, fará com que vocês aumentem em número. O Senhor, nosso Deus, fará isso se vocês derem atenção às Suas ordens, se obedecerem a todas as Suas leis que eu estou dando a vocês hoje e se fizerem aquilo que Ele acha bom. (DEUTERONÔMIO 12 v. 29-33 / 13 v. 1-18)

A LEI DOS DÍZIMOS

"- Todos os anos juntem uma décima parte de todas as colheitas e levem até o lugar que o Senhor, nosso Deus, tiver escolhido para nele ser adorado. Ali, na presença do Senhor, nosso Deus, comam aquela décima parte dos cereais, do vinho e do azeite e também a primeira cria das vacas e das ovelhas. Façam isso para aprender a temer a Deus para sempre. Mas, se o lugar de adoração ficar muito longe, e for impossível levar até lá a décima parte das colheitas com que Deus os abençoou, então façam isto: vendam aquela parte das colheitas, levem o dinheiro até o lugar de adoração que o Senhor tiver escolhido e ali comprem tudo o que quiserem comer: carne de vaca ou de carneiro, vinho, cerveja ou qualquer outra coisa que desejarem. E ali, na presença do Senhor, nosso Deus, vocês e as suas famílias comam essas coisas e se divirtam à vontade.

Porém não esqueçam os levitas que moram nas cidades de vocês. Eles não receberão terras em Canaã, como as outras tribos. De três em três anos juntem a décima parte das colheitas daquele ano e guardem nas cidades onde vocês moram. Essa comida é para os levitas, pois eles não têm terras próprias; é também para os estrangeiros, os órfãos e as viúvas que moram nas cidades de vocês. Assim todos eles terão toda a comida que precisarem. Façam isso para que o Senhor, nosso Deus, abençoe todo o trabalho de vocês." (DEUTERONÔMIO 14 v. 22-29)

 

 

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS