A FAMÍLIA

Quando se planeja construir um prédio é preciso que as pessoas se dediquem ao trabalho bem antes de ele começar procurando o lugar para construir, fazendo a sondagem do terreno, colocando os alicerces, fazendo toda a estrutura, tudo muito bem calculado para não terem problemas, não desabar, rachar, não ter vazamentos etc.

A dedicação e o preparo para se construir uma família deveria ser o mesmo. Antes de construir uma família o ser humano precisa ver se está preparado para viver a dois, cuidar um do outro, educar, disciplinar e passar amor para os filhos. Lembrar que o casamento é algo muito sério e que esse passo que vai dar tem que ser com responsabilidade; saber que a outra pessoa, a qual deseja se unir tem sentimentos, sonhos, desejos, qualidades e defeitos; que precisa ser amada, respeitada e que tudo que você deseja para você deve fazer para o outro. Lembrar que nas horas de dificuldades você deve ser paciente, amigo e compreensivo; que uma separação traz tristeza, problemas e dificuldades. Mas, infelizmente ninguém se preocupa com essas coisas. Todos ficam empolgados, pois estão apaixonados e pensam que a vida é um eterno mar de rosas.

Muitos casais namoram, mal se conhecem, têm relações sexuais e acabam tendo um filho. Aí precisam se juntar para cuidar dessa criança. Formam uma família por acaso. Depois de perceberem a responsabilidade que tiveram que assumir sem querer, ficam tristes, desanimados, desunidos e vivem por viver. E como vão cuidar da educação de uma criança desse jeito? Aí essa criança cresce mal-ensinada, sem respeito pelos pais, segue sua vida do jeito que quer. Mais tarde se casa e começa tudo de novo.

É assim que satanás tem destruído a humanidade, atacando principalmente a família: casais despreparados, sem amor, desunidos; filhos rebeldes; parentes intrometidos e fofoqueiros. “Pois hoje em dia os filhos desprezam os pais, as filhas desobedecem às mães, e as noras brigam com as sogras; e os piores inimigos de qualquer pessoa são os próprios parentes. (MIQUÉIAS 7 v. 6)

Por mais que a parentela seja uma perturbação e os parentes se metam na vida uns dos outros, a maioria das pessoas não tem coragem de se afastar. Deus ensina que o casal deve sair de junto de sua parentela para viver sua vida e criar seus filhos sem interferência de pai e mãe. Muitos casamentos não dão certo por causa da interferência da parentela. Cada um precisa viver sua vida. “E Deus disse: Por isso o homem deixa o seu pai e a sua mãe para se unir com a sua mulher, e os dois se tornam uma só pessoa.” (MATEUS 19 v. 5)

Antes de tomar qualquer decisão em sua vida, você deve recorrer àquele que te conhece e sabe o que é bom e o que vai te trazer felicidade: o nosso Pai, o Deus Todo-Poderoso. Seja uma situação fácil ou difícil precisamos sempre perguntar a Deus o que devemos fazer, o que Ele acha e qual é a vontade Dele para nossas vidas, pois só Ele sabe o que pode acontecer conosco.

Deus sabe se você será um bom pai ou uma boa mãe; se está na hora de se casar, ou esperar mais um pouco; se deve ficar solteiro; se deve ter filhos. Dê uma oportunidade a Deus de dirigir sua vida e dizer o que Ele quer de você. Ele é o seu pai e só quer o seu bem.

Meus irmãos, uma família dirigida por Deus é o consolo nas horas difíceis, é a alegria no momento de tristeza, é a força no momento de fraqueza. Mas para isso a família precisa ter base e fundamento em Deus, pois só Ele sabe como conduzir uma família, ensinar o casal a educar seus filhos, a viver em união, a amar, respeitar, ser compreensivo um com o outro. Uma família alicerçada em Deus, satanás não derruba.

Muitos crentes dizem que suas famílias são abençoadas, mas estão mentindo. Dizem que seus filhos foram criados no evangelho, foram criados na igreja, mas na verdade são rebeldes, desobedientes, não ouvem os pais e fazem o que querem. Os maridos dizem que suas mulheres são umas bênçãos, mas na verdade são independentes, dominadoras, não obedecem a Deus, muito menos ao marido; muitas são amarguradas, não cuidam da casa nem educam os filhos. As esposas dizem que seus maridos são homens de Deus, mas na verdade são ignorantes, orgulhosos, insensíveis, não as tratam com amor, carinho nem respeito.

Meus irmãos nem tudo que as pessoas dizem é verdade. Ser da igreja (crente) não quer dizer ser dirigido e abençoado por Deus.

Deus dá sabedoria divina para quem deseja servi-lo e viver melhor. Os servos de Deus sabem educar seus filhos, tratar com amor seu companheiro e administrar sua casa. Por isso ponham Deus em primeiro lugar em suas vidas.       

Você que ainda não construiu sua família, ore sempre pedindo a Deus que te mostre uma pessoa que te ame e vá te ajudar nessa tarefa. Pense bem antes de construir uma família e veja se está preparado para assumir esse compromisso. Não seja enganado pela natureza humana e pelo inimigo.

A modernidade (internet, televisão...) tem desunido as famílias. Com a vida agitada ninguém se reúne para fazer as refeições, para conversar, se divertir, saírem juntos. É como se fossem estranhos vivendo na mesma casa. Cada um tem sua vida, não confiam e não se importam uns com os outros. E assim as pessoas vão vivendo.

Irmãos acreditem em Deus, peçam a ajuda Dele. Entregue sua família nas mãos do Senhor, trate-os com amor e respeito. O casal deve se amar, os filhos obedecer a seus pais, os pais educar seus filhos e todos devem buscar a orientação do Espírito Santo de Deus. Sejam uma família segundo o coração de Deus, onde o esposo é dirigido pelo Espírito Santo, a mulher é dedicada, amável, respeitadora, obediente a Deus e ao esposo e os filhos obedientes aos pais. Essa é a família que agrada a Deus. “Quem ouve esses Meus ensinamentos e vive de acordo com eles é como um homem sábio que construiu a sua casa na rocha. Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Porém ela não caiu porque havia sido construída na rocha. Quem ouve esses Meus ensinamentos e não vive de acordo com eles é como um homem sem juízo que construiu a sua casa na areia. Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Ela caiu e ficou totalmente destruída.” (MATEUS 7 v. 24-27)

Irmãos, não é só na igreja que se adora a Deus. A verdadeira adoração começa dentro de casa em família. O que você acha que Deus prefere: uma família unida e todos com amor o adorando ou uma igreja cheia e os irmãos mal se falando? Comece a louvar a Deus em sua casa com sua família: tire todos os dias uma hora para o Senhor em seus lares. Você deve prestar culto ao Senhor em casa, no trabalho (dando bom exemplo), na rua (estando sempre ligado com Ele) e deve lembrar que o Senhor Deus é Espírito, por isso você deve adorá-lo em Espírito e em verdade.

O que o Senhor tem visto nas igrejas e nas famílias não está agradando a Ele. O que Deus vê hoje são pessoas religiosas sem amor e respeito por Ele. Sem amor ninguém fará a vontade de Deus. Por isso não deixe de buscar a Deus e mesmo que sua família não acredite Nele, não os discrimine nem os condene, mas ore e peça a Deus para tocar seus corações. Se você for uma pessoa agradável, humilde e paciente, eles vão querer conhecer o Deus a quem você serve.

Que Deus o abençoe!

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS