A INDEPENDÊNCIA DA MULHER

Desde a criação do mundo satanás engana a mulher. E hoje ele continua fazendo o mesmo, pois por causa dos desejos da natureza humana, as mulheres são usadas pelo inimigo para fazerem coisas que desagradam ao Pai, o Deus Todo-Poderoso. Satanás conseguiu iludir a mulher com a tal independência feminina e hoje elas sofrem por causa dessa independência e liberdade que acham que têm. Deus criou a mulher para ajudar o homem e não para competir com ele.

Deus tem feito de tudo para que o ser humano viva bem, mas a desobediência fez com que o homem e a mulher sofressem. Adão e Eva tinham tudo nas mãos para serem felizes, mas desobedeceram e foram expulsos do Jardim do Éden. O povo de Israel poderia ser o povo protegido e abençoado por Deus, mas desobedeceram e foram prisioneiros na Babilônia, entre outras situações ruins que passaram. Muitos homens tinham suas esposas submissas e amorosas, mas desobedeceram, querendo escravizá-las e enganá-las. Muitas mulheres tinham seus bons casamentos, sua vida tranqüila, mas desobedeceram querendo se tornar independentes. Tudo isso mostra que a desobediência trouxe o castigo no passado e hoje não é diferente.

Por causa dessa tal independência e da ilusão criada por satanás de que a mulher tem que ter uma profissão para não depender do homem, a mulher passou a ser totalmente independente do marido. E o que ganharam com essa tal liberdade ensinada pelo mundo? Estresse, ansiedade, doenças do coração, insatisfação, irritação e mais responsabilidade.

Se Deus criou a mulher para ser ajudadora, é assim que deve ser. E se Deus mandou que o homem amasse e respeitasse sua esposa, é isso que deve ser feito. Mas o ser humano junto com sua natureza e seu orgulho se afastou de Deus: nem o homem nem a mulher estão fazendo o que o nosso Deus ensinou. E quando você não obedece ao que Deus ensina, você passa a obedecer ao que satanás ensina. Tanto a mulher como o homem precisa de Deus para viver nesse mundo.

As mulheres acham que ser obediente é ser escrava do marido. E se um homem tem uma esposa obediente se acha no direito de escravizá-la. O que está faltando dentro de vocês é o amor, a confiança em Deus e o temor aos Seus ensinamentos, pois se uma mulher obedece a seu esposo e ele a maltrata, Deus agirá em sua vida para mudar essa situação. 

Se Deus ordena algo e o ser humano obedece, Deus não deixará que esse ser humano sofra ou seja injustiçado. Deus protege àqueles que o obedecem. Difícil é ter alguém que obedeça ao que Deus ensina. Por isso mulheres, cuidado para que sua desobediência e sua falta de confiança em Deus, não te levem a uma vida de sofrimentos.

Deus deu a mulher um cargo de muita responsabilidade: criar e educar seus filhos, administrar sua casa, ajudar seu marido nas horas de dificuldade, orar por sua família. Tudo isso mostra que a mulher é forte diante de Deus.

O inimigo com sua astúcia conseguiu enganar e desviar do caminho de Deus, tanto o homem como a mulher. E o ser humano com sua cegueira espiritual não vê que o inimigo arma as situações e depois assiste as pessoas se destruírem.

Com a vida moderna a família passou para segundo plano e Deus não tem lugar nessa família. A mulher deixa de criar e educar seus filhos para se dedicar àquilo que ela tanto sonha e não enxerga que os filhos precisam da orientação, seu carinho e atenção para crescerem e se tornarem pessoas corretas.

Uma pessoa que passa o dia todo fora de casa, trabalhando, não terá cabeça para ajudar sua família, pois chega em casa cansada, estressada precisando de descanso.

Deus não quer destruir os sonhos de ninguém. Mas se você sonha em ser “alguém”, então não tenha filhos, realize primeiro seus sonhos. Mas se você tem filhos, cuide deles e quando eles tiverem no caminho certo, realize seus sonhos. Assuma sua missão que Deus designou para você e seja feliz. Seja sábia e não destrua sua família. Como diz as Escrituras Sagradas: “A mulher sábia constrói o seu lar, mas a que não tem juízo o destrói com as próprias mãos.” (PROVÉRBIOS 14 v. 1)

Uma mulher independente não vai conseguir se entregar ao homem, pois ela vive sempre armada e com a mente ocupada com seus problemas. É por isso que existem muitas mulheres vazias e que vivem sozinhas e carentes, têm tudo que desejam financeiramente, mas não têm o principal: o amor.

A mulher não tem tranqüilidade e firmeza para resolver problemas: é movida pela emoção e ansiedade, se estressa e se aborrece com muita facilidade o que a torna mais vulnerável às enganações do inimigo. Por isso deve ser obediente a Deus pedindo humildade para ouvir seu marido e tomar as decisões certas.

Ser obediente é isso: tratar o marido com respeito e ouvir seus conselhos; é conversar com ele sobre toda decisão que pretende tomar; ajudá-lo nas horas difíceis, procurando entender quando ele estiver com algum tipo de problema. Pois a mulher obediente cuida do marido com amor e carinho e isso agrada a Deus.

Não passe por cima de tudo e de todos para resolver os seus problemas. Qualquer decisão que for tomar converse com Deus e não faça nada escondendo de seu esposo. O casamento para dar certo é preciso que haja amor, confiança e respeito entre os dois. Mas com tanta preocupação no trabalho, tanto estresse no dia-a-dia, como a mulher vai conseguir fazer essas coisas que agradam a Deus? De maneira nenhuma, pois não é desse jeito que Deus quer que suas servas vivam.

Deus entende todas as situações, pois se uma mulher precisa trabalhar para ajudar nas despesas da casa, Deus não vai proibir. O que Ele quer é que todos, tanto homens quanto mulheres, peçam a ajuda Dele e orientação para viver nesta terra. Mas a mulher que trabalha, em sua maioria, é orgulhosa, teimosa, arrogante e não quer saber de Deus, pois só pensa em si mesma e em seus próprios interesses. E se uma mulher casada é desse jeito, como é que ela tratará bem seu esposo?   

Antigamente as meninas se preparavam para serem uma boa esposa, boa dona-de-casa e boa mãe. As pessoas valorizavam umas as outras, buscavam o amor. Hoje as prioridades são bem diferentes: faculdade, dinheiro, carros, sucesso, satisfação dos desejos da carne... E com isso o casamento é só uma forma de não ficar sozinha ou não ser criticada pelos amigos e pela família.

Hoje as jovens pensam em ser independentes, ter seu dinheiro, querem ter igualdade com os homens e não querem ser obedientes ao marido. E o resultado é este: os homens usam essas mulheres e não querem compromisso sério, porque elas são muito bravas e teimosas; os homens não tratam mais com carinho e delicadeza (abrir a porta do carro, pagar um jantar...) porque elas são totalmente independentes.

Para se conquistar uma moça era preciso respeito, carinho e atenção. Hoje em dia são tratadas de qualquer jeito: o rapaz chega, fala algumas palavras, impressiona com presentes e palavras bonitas, têm relações sexuais e em pouco tempo acaba o namoro porque já conseguiu o que queria.

Em outros casos é ainda pior: a mulher sai com o homem e na primeira noite já tem relações sexuais. Como você acha que o homem vai te ver? Você acha que ele vai querer um compromisso sério? Isso acontece porque não há amor, só paixão. E por causa da desobediência aos ensinamentos de Deus, as mulheres são facilmente enganadas. Por isso irmã, valorize-se e tome cuidado com o seu modo de agir, pensar e se vestir.

Vocês devem prestar atenção no que Deus ensina: Ele é o Deus Justo que vê todas as coisas. Se uma mulher se dedica a sua família e seu marido a despreza e não age com decência, Deus agirá de forma que esta mulher se liberte dessa situação para viver sua vida e colocará esse homem em seu devido lugar. Mas o que acontece é que muitas mulheres cometem dois grandes erros: ouvir conselhos dos outros e desejar vingança. Muitas se tornam amarguradas, revoltadas, odiosas e jogam a culpa nos homens por serem desse jeito. E então o inimigo ganha a liberdade de agir na vida desse casal e faz os dois se odiarem e serem intolerantes a vida inteira.         

O ser humano sempre procura uma desculpa para justificar seu erro e se esquece de uma coisa: você colhe o que planta. Quando você quer algo, não dá atenção àqueles que te aconselham. Olhe para trás e veja: antes de casar, o que foi que os seus pais falaram sobre esse casamento? E as bobagens que você falava dos outros? E os erros que só você e Deus sabem que cometeu? Como dizem as Escrituras Sagradas: “A aflição não brota da terra; a desgraça não nasce do chão: somos nós mesmos que causamos o sofrimento, tão certo como as faíscas das brasas voam para cima.” (JÓ 5 v. 6-7)

Todos devem reconhecer seus erros para não colocarem a culpa dos seus sofrimentos nos outros nem em Deus.

Muitas dizem: “Não vou ficar em casa servindo de empregada para o meu marido.” Mas acabam sendo empregadas dos outros, acabam sendo humilhadas e não podem fazer nada porque se não obedecem, perdem o emprego. Isso acontece porque vocês estão cegas e são orgulhosas. Porque se tivessem visão, enxergariam que ao invés de estar cuidando de sua casa e de sua família, está na rua se estressando e passando por sofrimentos desnecessários.

O orgulho tomou conta do coração de muitas mulheres e isso faz com que o inimigo a use contra os homens e cada vez mais seja infeliz.

O amor acabou! Agora o que importa é a beleza física, a sensualidade e o sexo. O culto ao corpo se tornou obsessão. Com a independência veio a imoralidade: algumas mulheres exibem seus corpos seminus ou nus para dominar os homens. Os homens quando olham para essas mulheres pensam nas piores coisas que se possa fazer com elas. E elas acham que é normal e que devem agir dessa forma para serem desejadas. Mas não sabem que são escravas de satanás, pois são usadas por ele para fazerem o homem se afastar de Deus.

Abram seus olhos! Não deixem que satanás as engane. Vocês que agem dessa forma, os homens as querem enquanto estiverem bem fisicamente. Depois que não servirem mais, serão trocadas por outras.

Tem mulher que se veste de tal maneira que serve de chacota e perde o respeito das pessoas. Se você pedir a Deus, Ele te ensinará a se vestir e a se comportar.

Não deixe que satanás domine sua mente: peça ao teu Pai, o Deus Todo-Poderoso que te liberte desse mal que foi colocado dentro do seu coração. Obedeça a Deus e procure colocar em prática os ensinamentos Dele, pois Ele só quer o teu bem. Pare com essa competição com os homens. Seja dependente de Deus, respeite e obedeça a seu marido. Seja independente de satanás, não dê atenção às conversas que você ouve por aí (na televisão, no rádio, na rua...), pois o mundo é governado pelo diabo e por isso tudo de ruim acontece.

A maioria das mulheres não ajuda umas as outras, pois vivem competindo entre si. Sentem inveja e não têm misericórdia umas das outras, porque se tivessem não falariam tantas bobagens e não causariam discórdia com seus comentários (fofoca). Não desprezariam nem mentiriam para prejudicar umas as outras. Tome cuidado com o seu modo de agir para que no futuro você não sofra as conseqüências de tudo que você fala e faz.

Está na hora de vocês pensarem bem e analisarem a forma que vocês estão agindo e perceber que os sofrimentos em suas vidas são causados pelo seu orgulho, desobediência e falta de humildade.

A independência feminina chegou também no meio das mulheres da igreja. Muitas não respeitam seus maridos, se sentem superiores, não dão atenção aos ensinamentos de Deus e sempre têm uma desculpa para seus erros. Só vivem julgando as não-crentes, mas acabam fazendo pior, pois conhecem os ensinamentos de Deus e sempre desobedecem.

Existe irmã que dá ordens a seu esposo, e ele acata, pois ela é o “homem da casa.” Se disser que ela tem que ser obediente ao marido, ela fica brava! “A boa esposa é o orgulho do marido, mas a esposa que traz vergonha ao marido é como câncer nos ossos dele.
Como é difícil encontrar uma boa esposa! Ela vale mais do que pedras preciosas! O seu marido confia nela e nunca ficará pobre. Em todos os dias da sua vida, ela só lhe faz o bem e nunca o mal. É esforçada, forte e trabalhadora. Conhece o valor de tudo o que faz e trabalha até tarde da noite. Ajuda os pobres e os necessitados. O seu marido é estimado por todos. É forte, respeitada e não tem medo do futuro. Fala com sabedoria e delicadeza. Ela nunca tem preguiça e está sempre cuidando da sua família. Os seus filhos a respeitam e falam bem dela, e o seu marido a elogia. Ele diz: ‘Muitas mulheres são boas esposas, mas você é a melhor de todas.’ A formosura é uma ilusão, e a beleza acaba, mas a mulher que teme o Senhor Deus será elogiada. Dêem a ela o que merece por tudo o que faz, e que seja elogiada por todos.” (PROVÉRBIOS 12 v. 4 / 31 v. 10-12, 17-18, 20, 23, 25-31)  

Se você não respeita seu marido, você não respeita a Deus, porque você desobedece aos ensinamentos que Ele deu: “Assim também você, esposa, deve obedecer ao seu marido a fim de que, se ele não crê na mensagem de Deus, seja levado a crer pelo modo de você agir. Não será preciso dizer nada porque ele verá como a conduta de você é honesta e respeitosa.”
(I PEDRO 3 v. 1-2)

Mulher liberte-se desse orgulho, dessa raiva, revolta que age dentro do seu coração. Se você foi maltratada, humilhada, agredida com palavras ou fisicamente por seu companheiro, peça a Deus que te liberte desse ressentimento maligno que age no seu coração. E que te livre desta situação, pedindo perdão pelos seus erros e que Ele te dê uma vida melhor.

Você deve lembrar que tudo que acontece em sua vida existe um porquê. Neste livro tem vários exemplos dados por Deus. Muitas vezes você se acha injustiçada, mas não enxerga que também comete injustiças com os outros: falando mal, julgando, fazendo fofoca, discriminando, odiando, invejando, desprezando, agindo com falsidade... “Não se enganem: ninguém zomba de Deus. O que uma pessoa plantar, é isso mesmo que colherá.” (GÁLATAS 6 v. 7)

Arrependa-se de suas más ações para que você tenha uma vida melhor. Deixe que o Espírito de Deus guie sua!

Que Deus a abençoe!

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS