JOSUÉ

“Moisés havia escolhido Josué, filho de Num, para ficar no seu lugar. Ele pôs as mãos sobre a cabeça de Josué, que assim ficou cheio de sabedoria. Os israelitas obedeceram a Josué e cumpriram todas as leis que o Senhor Deus lhes tinha dado por meio de Moisés.” (DEUTERONÔMIO 34 v. 9)

E é isso que o livro de Josué conta: como o povo tomou posse de Canaã, a Terra Prometida. Josué fez parte de um grande acordo que Deus havia feito com o povo de Israel: tirá-lo da escravidão e lhe dar vida nova em uma nova terra. E Deus hoje quer fazer isso com a vida de muitas pessoas, mas assim como naquela época, essas pessoas precisam ser obedientes e decidir a quem quer servir.

Josué escolheu obedecer e servir a Deus assim como Moisés. E desde muito jovem ouvia e colocava em prática aquilo que lhe foi ensinado.

Deus através de Moisés fez coisas grandiosas tirando Seu povo da escravidão do Egito e através de Josué concluiu a promessa da nova terra que seria dada a eles. Ao longo dessa jornada, Deus usou Josué para conquistar essa terra que pertencia a outros povos. Houve guerra, batalhas, milagres, fé e coisas espantosas aconteceram, porque Josué confiou no Deus Todo-Poderoso, o grande Eu Sou Quem Sou.

Muitas coisas as pessoas não tomam conhecimento simplesmente porque não lêem a Bíblia. Deus disse a Josué que ele fosse forte e corajoso e que Ele, o próprio Deus o ajudaria em todas as dificuldades que surgisse, assim como fez com Moisés.
“Aí o Senhor disse a Josué:
- Por causa daquilo que Vou fazer hoje, todo o povo de Israel vai saber que você é um grande homem. Eles saberão que, assim como estive com Moisés, também estarei com você.
Então Josué disse ao povo:
- Venham cá e prestem atenção naquilo que o Senhor, nosso Deus, vai dizer.
A arca da aliança do Senhor de toda a terra vai atravessar o rio Jordão na frente de vocês.
Quando os sacerdotes que estão carregando a arca da aliança do Senhor Deus, o Senhor de toda a terra, puserem os pés dentro da água, o Jordão vai parar de correr, e as águas da parte de cima ficarão amontoadas num lugar.
Enquanto os israelitas atravessavam, pisando terra seca, os sacerdotes que levavam a arca ficaram parados no seco, no meio do rio Jordão. E ficaram ali até que todo o povo acabou de passar.” (JOSUÉ 3 v. 7, 9, 11, 13, 17)

Coisas grandiosas aconteceram no passado para que hoje nós soubéssemos exatamente em quem estamos depositando a nossa fé. O Deus que fez tantas coisas incríveis no passado, faz ainda hoje!
“O povo de Israel havia andado quarenta anos pelo deserto. Durante esse tempo todos os homens que saíram do Egito em idade de guerrear tinham morrido porque haviam desobedecido a Deus, o Senhor. Deus tinha dito que não ia deixá-los ver a terra boa e rica que Ele havia jurado dar aos seus antepassados.” (JOSUÉ 5 v. 6)

E hoje as pessoas que não obedecem a Deus não tomarão posse das promessas de Deus e no fim dos tempos não poderá voltar à pátria celestial.

A conquista de Jericó é a passagem mais conhecida deste livro. E o que ela nos representa hoje? Obediência. Foi o que derrubou aquelas muralhas: a obediência e a fé daquele povo. Por que tinham que dar tantas voltas em torno da cidade? Por que tinham que tocar cornetas feitas de chifres de carneiro? Por que tinham que gritar alto para a muralha ser derrubada? Deus não poderia simplesmente derrubar a muralha? Sim, Ele poderia. Mas Ele não quer Seus servos fazendo perguntas, Ele quer obediência, Ele quer fé. Aí se for feito exatamente como Ele ordenou, o servo terá a vitória.
“No dia em que o Senhor deu a vitória aos israelitas na luta contra os amorreus, Josué falou com Ele. E, na presença dos israelitas, disse: ‘Sol, fique parado sobre Gibeão! Lua, pare sobre o vale de Aijalom!’
O sol ficou parado, e a lua também parou, até que o povo se vingou dos seus inimigos.
Estas palavras estão escritas no Livro do Justo.
O sol ficou parado no meio do céu e atrasou a sua descida por quase um dia inteiro. Nunca tinha havido e nunca mais houve um dia como este, um dia em que o Senhor obedeceu à voz de um homem. Isso aconteceu porque o Senhor combatia a favor de Israel.” (JOSUÉ 10 v. 12-14)

Na batalha de nossas vidas para venceremos os desejos da natureza humana e contra as investidas de satanás, nós precisamos da ajuda de Deus, o nosso Pai, porque se Ele combater ao nosso lado, nada se torna impossível.
“Josué terminou, dizendo:
- Portanto, agora temam a Deus, o Senhor. Sejam Seus servos sinceros e fiéis. Esqueçam os deuses que os seus antepassados adoravam na Mesopotâmia e no Egito e sirvam o Senhor. Mas, se vocês não querem ser servos do Senhor, decidam hoje a quem vão servir. Resolvam se vão servir os deuses que os seus antepassados adoravam na terra da Mesopotâmia ou os deuses dos amorreus, na terra de quem vocês estão morando agora. Porém eu e a minha família serviremos a Deus, o Senhor.”
(JOSUÉ 24 v. 14-15)

Leia mais em Textos Bíblicos, Josué.

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS