O QUE SIGNIFICA PERDOAR?

Perdoar significa não se vingar de quem um dia te fez mal; não exigir de Deus punição para essa pessoa; não guardar ressentimentos e não deixar que o ódio tome conta de seu coração. “Porque, se vocês perdoarem as pessoas que ofenderem vocês, o Pai de vocês, que está no céu, também perdoará vocês. Mas, se não perdoarem essas pessoas, o Pai de vocês também não perdoará as ofensas de vocês.” (MATEUS 6 v. 14-15)

Muitas vezes as pessoas pedem a Deus punição para aqueles que as prejudicaram. Mas não deviam agir assim, porque isso é vingança. E se você pede punição para os outros, está pedindo para você também, pois todos cometem pecados. 

Todos os dias cometemos erros, pois até em pensamento pecamos. Mas Deus é sempre misericordioso com todos que admitem seus erros e suas fraquezas. Então, se Ele que é o Todo-Poderoso perdoa qualquer pessoa que se arrepende, quem somos nós para não perdoar ou condenar alguém? Você pode dizer: “Mas fulano não se arrependeu e continua fazendo as mesmas coisas. Fulano é muito ruim”. Imagine se Deus também pensasse assim: todos já estariam condenados ao inferno! Todos são cheios de pecados, mas vivem reparando os outros. Muitas vezes pedem perdão a Deus pelos seus erros, mas não perdoam os outros. Por isso, lembre-se que você é um pecador e tenha misericórdia dos outros. “Quando Deus julgar, não terá misericórdia das pessoas que não tiveram misericórdia dos outros. Mas as pessoas que tiveram misericórdia dos outros não serão condenadas no Dia do Juízo Final.” (TIAGO 2 v. 13)

Por mais que uma pessoa tenha errado com você, perdoe! Não é fácil, pois os seres humanos têm uma natureza humana má e o inimigo atiça os sentimentos de raiva, ódio, mágoa, desejo de vingança e tudo que não presta nas pessoas. Pois quando uma pessoa te prejudica, você fica com raiva e querendo se vingar dela. Nesse momento você deixa brechas para satanás entrar no seu coração. Mas no momento que você perdoa, aqueles sentimentos ruins de ódio, mágoa, rancor e vingança são retirados de dentro de você. Preste atenção nesse ensinamento: “Vocês ouviram o que foi dito: ‘Olho por olho, dente por dente.’ Mas Eu lhes digo: não se vinguem dos que fazem mal a vocês.” (MATEUS 5 v. 38-39)

As pessoas costumam dizer: “Fulano é bobo, perdoa todo mundo e os outros só vivem se aproveitando dele”. Quem age assim é feliz e não bobo. Bobo é quem não perdoa, pois só vive com ódio e sede de vingança em seu coração, deixando de viver bem. É infeliz e ainda é escravo de satanás.

Quando você não perdoa, o prejudicado é você, pois quem te magoou continua vivendo normalmente, mas você vive perturbado com os sentimentos maus dentro de seu coração. Enquanto você não perdoar a pessoa, satanás estará se aproveitando do seu ódio ou da sua raiva e sempre estará te atormentando. Por isso perdoe quem te fez mal e principalmente, não guarde rancor ou mágoa em seu coração, para que não se tornem ódio. Não pense que quem faz o mal ficará sem punição, pois tudo que se faz aqui na terra é cobrado por Deus. Preste atenção nesses ensinamentos: “Porque a raiva humana não produz o que Deus aprova. Não fiquem irritados uns com os outros e também perdoem uns aos outros, caso alguém tenha alguma queixa contra outra pessoa. Assim como o Senhor perdoou vocês, perdoem uns aos outros.” (TIAGO 1 v. 20 / COLOSSENSES 3 v. 13)

Ore e peça a Deus para que você tenha misericórdia e não guarde nenhum sentimento mau no seu coração. Lembre-se do exemplo de Jesus: Ele veio a este mundo para ajudar e ensinar às pessoas. E o que o povo fez com Ele? Maltratou, perseguiu, humilhou e o matou. Ele suportou tudo isso sem xingar, sem revidar, sem odiar e sem pedir a Deus que punisse àquelas pessoas. Você já passou por algum sofrimento parecido com esse: ser chicoteado e pendurado em uma cruz injustamente? Então por que é que você não tem misericórdia dos outros? Jesus foi perfeito, nunca desobedeceu a Deus e nunca maltratou ninguém, nem mesmo os seus inimigos. No fim de tudo, Jesus ainda pediu que Deus perdoasse àquele povo. Por isso irmão pense bem e peça a Deus para você saber perdoar as pessoas, mesmo que elas não se arrependam. “Peçam que Deus abençoe os que perseguem vocês. Sim, peçam que Ele abençoe e não que amaldiçoe.” (ROMANOS 12 v. 14)

Se você perdoar e a pessoa continuar fazendo o que é mau, Deus vai afastar ela de você. Mas se ela se arrepender e te pedir perdão, você poderá conviver bem com ela.

Vocês devem ver seus irmãos com misericórdia, porque vocês também são maus e desobedientes, mas Deus tem misericórdia de todos. Mesmo que você não tenha feito nada com quem te prejudicou, lembre-se que você já fez mal a outras pessoas.

O rei Davi cometeu dois pecados contra Deus, por isso aconteceram várias coisas ruins em sua vida. Mas ele soube reconhecer que era um pecador e que Deus é justo.

Às vezes você é maltratado no trabalho pelo seu chefe ou na escola porque você maltrata seus pais, seus irmãos, seu esposo (a) e seu próximo. E isso é a correção de Deus para abrir seus olhos e ver onde está errando. E às vezes você passa por situações perigosas, corre risco de vida ou é maltratado por alguém, porque você já fez pessoas chorarem, já disse muitas bobagens, ou foi usado pelo inimigo para afrontar a Deus. Se você se arrepender e pedir perdão a Ele e perdoar os outros que errarem com você e não tiver raiva dos que te prejudicaram, Deus também te perdoará e ajudará. Preste atenção nesse ensinamento:

“Então Pedro chegou perto de Jesus e perguntou:
- Senhor quantas vezes tenho que perdoar o meu irmão que peca contra mim? Sete vezes?
- Não. Você não deve perdoar sete vezes – respondeu Jesus – mas setenta vezes sete. Porque o Reino do céu é como um rei que resolve acertar as contas com os seus empregados. Logo no começo lhe trouxeram um que lhe devia milhões de moedas de prata. Mas o empregado não tinha dinheiro para pagar. Então, para pagar a dívida, o patrão mandou vender como escravos o empregado, a sua esposa e os seus filhos e vender também tudo o que ele possuía. Mas o empregado se ajoelhou diante do patrão e pediu: ‘Tenha paciência comigo, e eu pagarei tudo ao senhor!’O patrão teve pena dele, perdoou a sua dívida e o deixou ir embora. O empregado saiu e encontrou um dos seus companheiros de trabalho que lhe devia cem moedas de prata. Ele pegou esse companheiro pelo pescoço e começou a sacudi-lo, dizendo: ‘Pague o que me deve!’ Então o seu companheiro se ajoelhou e pediu: ‘Tenha paciência comigo! Eu lhe pagarei tudo!’Mas ele não concordou. Pelo contrário, jogou o outro na prisão até que pagasse a dívida.

Quando os outros empregados viram o que havia acontecido, ficaram revoltados e foram contar tudo ao patrão. Aí o patrão chamou aquele empregado e disse: ‘Seu miserável! Você me pediu, e por isso eu perdoei tudo o que você me devia. E você deveria ter pena do seu companheiro, como eu tive pena de você!’
O patrão ficou com muita raiva e mandou o empregado para cadeia a fim de ser castigado até pagar toda a dívida.
E Jesus terminou, dizendo:
- É assim que o Meu Pai que está no céu fará com vocês se cada um não perdoar sinceramente o seu irmão.”
(MATEUS 18 v. 21-35)

É muito difícil para o ser humano entender as ações de Deus e aceitar certas coisas. Mas se você for obediente e amar a Deus e ao seu próximo, ai daquele que lhe fizer algum mal, porque a vingança ficou para Deus. E quem é que pode escapar da correção de Deus?

“Meus irmãos, nunca se vinguem de ninguém; pelo contrário, deixem que o castigo de Deus faça isso. Porque as Escrituras Sagradas dizem: ‘Eu Me vingarei, Eu acertarei contas com eles, diz o Senhor.’ Mas façam  como dizem as Escrituras: ‘Se o seu inimigo estiver com fome, dê comida a ele; se estiver com sede, dê água. Porque assim você o fará queimar de remorso e vergonha.’ Não deixe que o mal vença vocês, mas vençam o mal com o bem.”  (ROMANOS 12 v. 19-21)

Que Deus o abençoe!

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS