QUEM É JESUS?

É o nosso Senhor e Salvador, o Messias escolhido por Deus para nos libertar das trevas, das correntes malignas e das maldições. É o único caminho que nos leva ao Pai, o Deus Todo-Poderoso.

“Deus enviou o anjo Gabriel a uma cidade da Galiléia chamada Nazaré. O anjo levava uma mensagem para uma virgem que tinha casamento contratado com um homem chamado José, descendente do rei Davi. Ela se chamava Maria. O anjo veio e disse:
- Que a paz esteja com você, Maria! Você é muito abençoada. O Senhor está com você.
Porém Maria, quando ouviu o que o anjo disse, ficou sem saber o que pensar. E, admirada, ficou pensando no que ele queria dizer. Então o anjo continuou:
- Não tenha medo, Maria! Deus está contente com você. Você ficará grávida, dará à luz um filho e porá nele o nome de Jesus. Ele será um grande homem e será chamado de Filho do Deus Altíssimo. Deus, o Senhor, vai fazê-lo rei, como foi o antepassado Dele, o rei Davi. Ele será para sempre Rei dos descendentes de Jacó, e o Reino Dele nunca se acabará. (LUCAS 1 v. 26-33)

Jesus foi o único ser humano que conseguiu vencer satanás, porque não pecou, foi obediente a Deus em tudo. Muitos não acreditam que Jesus passou por todo aquele sofrimento, acham que por Ele ser o filho de Deus não sentiu dor. Ele sentiu a dor de ser pregado numa cruz, ser chicoteado e humilhado, pois era um ser humano de carne e osso como nós. A grande diferença Dele para nós é que não pecou contra Deus e não fez nenhum mal aos seres humanos.           “Conforme crescia, Jesus ia crescendo também em sabedoria, e tanto Deus como as pessoas gostavam cada vez mais Dele. Durante a Sua vida aqui na terra, Cristo, em voz alta e com lágrimas, fez orações e súplicas a Deus, que o podia salvar da morte. E as Suas orações foram atendidas porque Ele era dedicado a Deus. Embora fosse o Filho de Deus, Ele aprendeu, por meio dos Seus sofrimentos, a ser obediente. E, depois de ser aperfeiçoado, Ele se tornou a fonte da salvação eterna para todos os que lhe obedecem.” (LUCAS 2 v. 52 / HEBREUS 5 v. 7-9)

Jesus se entregou ao Pai, o Deus Todo-Poderoso, para trazer salvação para Seus irmãos. Foi por amor que Ele veio ao mundo nos ensinar a vencer o inimigo, pois Ele sabia o que satanás estava preparando para a humanidade. E por amor Ele veio nos socorrer.

Através da Sua forma humana, Jesus conheceu as fraquezas dos seres humanos, sentiu a dor da humilhação e viu até onde satanás pode controlar a mente humana. Por isso é que Deus tem misericórdia de nós, mas cobra a todos que humilham e fazem mal aos outros, pois isso não tem justificativa.

Antigamente as pessoas pecavam e para cada pecado deveriam oferecer um tipo de sacrifício. Com o passar do tempo, as pessoas começaram a agir com hipocrisia, pois pecavam, ofereciam sacrifícios e achavam que assim Deus as perdoava.
Por isso Deus ofereceu o Seu filho como sacrifício para que as pessoas se arrependessem de seus pecados e tivessem uma forma de chegar perto Dele sem serem destruídas. É por isso que se diz que Jesus levou sobre si os nossos pecados, pois Ele sofreu para que o ser humano, mesmo tendo cometido pecados, pudesse ter o perdão de Deus e viver uma vida correta. “Deus aceita as pessoas por meio da fé que elas têm em Jesus Cristo. É assim que Ele trata todos os que crêem, pois não existe nenhuma diferença entre as pessoas. Todos pecaram e estão afastados da presença gloriosa de Deus. Mas, pela Sua graça e sem exigir nada, Deus aceita todos por meio de Cristo Jesus, que os salva.” (ROMANOS 3 v. 22-23)

Mas as pessoas não entenderam esse gesto de amor de Deus, pois continuam com suas maldades e não se arrependem. Outros afirmam da boca para fora que aceitaram Jesus como Senhor e Salvador. Dizem que aceitaram Jesus, mas continuam com os mesmos maus hábitos, julgando, mentindo, falando mal dos outros, xingando e sendo orgulhoso. Quem reconhece que Jesus é o seu Senhor obedece fielmente o que Ele ensinou; quem o aceita como Salvador de sua alma faz tudo para ter uma vida correta até o dia da Sua volta. Portanto, não deixem que o pecado domine o corpo mortal de vocês e faça com que vocês obedeçam aos desejos pecaminosos da natureza humana. E também não entreguem nenhuma parte do corpo de vocês ao pecado, para que ele a use a fim de fazer o que é mau. Pelo contrário, como pessoas que foram trazidas da morte para a vida, entreguem-se completamente a Deus, para que Ele use vocês a fim de fazerem o que é direito. O pecado não dominará vocês, pois vocês não são mais controlados pela lei, mas pela graça de Deus.” (ROMANOS 6 v. 12-14)

Jesus sempre pede a Deus em favor de todos como um advogado. Ele tem o coração bondoso e cheio de misericórdia. Ele foi tentado durante quarenta dias e quarenta noites no deserto e por isso Ele entende a influência que o maligno tem sobre a mente humana. Mas isso não quer dizer que a culpa de você pecar é do inimigo: a culpa é da sua natureza humana, porque é através dela que satanás pode controlar sua vida. Jesus não pecou porque Sua natureza humana era dominada pelo Espírito Santo de Deus. E isso aconteceu porque Ele se entregou a Deus, se dedicou a Sua obra e obedeceu aos mandamentos de Deus.

Por Ele ser Filho de Deus, Ele poderia pedir ao Pai que Seus inimigos fossem destruídos, mas Ele foi paciente e ensinou que devemos amar nossos inimigos, ou seja, não pedir punição, mas pedir a Deus orientação para saber lidar com cada um.

Algumas vezes usou palavras fortes para repreender os que o perseguiam. Mas Ele fazia isso com autoridade e respeito de um verdadeiro servo de Deus.

Irmãos, está na hora de abrirem seus olhos e entenderem o que Jesus fez por todos. Ele Se deu para que todos tenham vida, para que não fiquem nas mãos de satanás. Jesus teve misericórdia de todos. É preciso ter muito amor para fazer o que Ele fez, mas infelizmente muitos não enxergam isso, por serem maus e insensíveis.

O ser humano deveria sentir vergonha quando faz alguma coisa que desagrada ao Mestre, maltratando seus irmãos, julgando, mentindo, odiando, fofocando, invejando, sendo orgulhoso e ganancioso. Mas acha tudo isso normal. Isso mostra o quanto o ser humano é mau e indigno de ser chamado filho de Deus e irmão de Jesus Cristo. Porque não foi esse o exemplo que Jesus deu como Filho do Deus Vivo. Ele deu bons exemplos, ensinou a serem humildes, a amar e respeitar a Deus, a amar e respeitar seus irmãos, a serem misericordiosos, a repartir o pouco ou o muito que têm. Vocês são maus e desobedientes, pois não fazem nada que Jesus ensinou. E ainda acham que são merecedores de receber alguma coisa de Deus.

Um pastor disse que Deus tem obrigação de dar o que Ele prometeu ao seres humanos através das Escrituras Sagradas, senão Ele faz de Jesus um mentiroso porque Ele disse:

- Quando chegar aquele dia, vocês não Me pedirão nada. E Eu afirmo a vocês que isto é verdade: se vocês pedirem ao Pai alguma coisa em Meu nome, Ele lhes dará. Até agora vocês não pediram nada em Meu nome; peçam e receberão para que a alegria de vocês seja completa.” (JOÃO 16 v. 23-24)

Esse pastor não passa de um ignorante e tolo, um guia cego. Jesus sempre ensinava ao povo que em suas orações pedissem a ajuda de Deus, fortalecimento espiritual e ensinava que todos deviam buscar o Reino de Deus. E não como o povo ensina hoje: incentivando a buscar riquezas e ilusões deste mundo. Deus não tem obrigação de dar nada a ninguém, pois Ele enviou Seu Filho ao mundo para ensinar e salvar. E o que é que o povo dá em troca desse gesto de amor?

“Pois Deus mandou o Seu Filho para salvar o mundo e não para julgá-lo.
- Aquele que crê no Filho não é julgado; mas quem não crê já está julgado porque não crê no Filho único de Deus. E é assim que o julgamento é feito: Deus mandou a luz ao mundo, mas as pessoas preferiram a escuridão porque fazem o que é mau. Pois todos os que fazem o mal odeiam a luz e fogem dela, para que ninguém veja as coisas más que eles fazem. Mas os que vivem de acordo com a verdade procuram a luz, a fim de que possa ser visto claramente que as suas ações são feitas de acordo com a vontade de Deus.” (JOÃO 3 v. 17-21)

Ao saber do sofrimento que haveria de passar Jesus orou e pediu ao Pai que se fosse possível, que aquilo fosse evitado. Mas ao tomar consciência da importância daquele ato de salvação que seria dada a humanidade por meio Dele, Ele se entregou a Deus e disse que fosse feita a Sua vontade. “Jesus foi com os discípulos para um lugar chamado Getsêmani e lhes disse:
- Sentem-se aqui, enquanto Eu vou ali orar.
Então Jesus foi, levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu. Aí Ele começou a sentir uma grande tristeza e aflição e disse a eles:
- A tristeza que estou sentindo é tão grande, que é capaz de Me matar. Fiquem aqui vigiando comigo.  
Ele foi um pouco mais adiante, ajoelhou-se, encostou o rosto no chão e orou:
- Meu Pai, se é possível, afasta de Mim este cálice de sofrimento! Porém que não seja feito o que Eu quero, mas o que Tu queres.
Pela segunda vez Jesus foi e orou, dizendo:
- Meu Pai, se este cálice de sofrimento não pode ser afastado de Mim sem que Eu o beba, então que seja feita a Tua vontade.”
(MATEUS 26 v. 36-39, 42)

Qual ser humano se entregaria para morrer por pessoas más? Nenhum. Então, você acha que é justo não reconhecer e agradecer o que Jesus fez por você? Você acha justo adorar outros deuses ou fazer pedidos a “santos”, em vez de adorar o Deus Altíssimo e pedir somente em nome de Jesus? Está na hora de você perceber que Jesus não é um cadáver pregado numa cruz: Ele é o Filho do Deus Vivo que pode te dar a salvação.

Em vez de serem agradecidos e reconhecerem esse amor, desprezam o que Ele fez por vocês. Só lhe dão tristeza como o povo do passado. Cada vez mais a humanidade está piorando e a maldade está crescendo em seus corações, como na época de Sodoma e Gomorra.   

O ser humano é mal agradecido e não merece o que Jesus sofreu por causa de todos. Não lhe dá o respeito que Ele merece. Está na hora de abrir seus olhos e começar a fazer coisas que agradam a Deus, seguindo o exemplo de Jesus e colocando Seus ensinamentos em prática se não quiser ser destruído. Pois do jeito que muitos estão caminhando, seguindo o exemplo de satanás (sendo rebeldes e desobedientes) acabarão nas mãos dele.

Jesus sofreu perseguições durante toda a vida desde o nascimento até Sua morte. Mas nunca desistiu da obra de Deus, porque o amor de Deus preenchia Seu coração e lhe dava ânimo, alegria e motivação. E por ser obediente, Deus lhe deu força e sabedoria nos momentos difíceis. Por isso irmãos, se espelhem em Jesus Cristo para que Deus te ajude também.

Jesus disse: “Venham a Mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e Eu lhes darei descanso.” (MATEUS 11 v. 28) Isso quer dizer que você deve conversar com Jesus, orar pedindo que Ele interceda ao Pai por você. Você deve obedecer aos ensinamentos de Jesus para que o peso de seus pecados seja retirado de suas costas. Deposite sua confiança Nele; ame e respeite Aquele que morreu na cruz para te salvar. Seja humilde e peça a Jesus para te ensinar a fazer a vontade de Deus.

Enquanto Jesus esteve nesse mundo, andava pregando em vários lugares, ensinando as pessoas a serem corretas e a agradarem a Deus. Hoje vocês podem ler nas Escrituras Sagradas o que Ele ensinou e, além disso, têm o Auxiliador, o Espírito Santo para abrir seus olhos e lhes fazer compreender os ensinamentos de Jesus Cristo. “Cristo tem derramado o Seu Espírito sobre vocês. Enquanto o Seu Espírito estiver em vocês, não é preciso que ninguém os ensine. Pois o Espírito ensina a respeito de tudo, e os Seus ensinamentos não são falsos, mas verdadeiros. Portanto, obedeçam aos ensinamentos do Espírito e continuem unidos com Cristo.” (I JOÃO 2 v. 27)

Muitos não sabem por que Jesus é o Caminho, a Verdade e a Vida.

Jesus é o Caminho porque só através Dele, pedindo em nome Dele é que Deus te ouve e o Espírito Santo se aproxima de você. Por isso sempre que orar, no final da oração diga: “é em nome de Jesus que Te oro, peço ou Te agradeço.”
Jesus é a Verdade porque o que Ele ensinou serve para abrir seus olhos e saber como se libertar do mal e fazer a vontade de Deus.     

Jesus veio esclarecer tudo que Deus ensinou na Lei de Moisés, para que as pessoas entendessem o verdadeiro significado dos mandamentos de Deus. Foi com grande sabedoria que Jesus resumiu toda a Lei em apenas dois mandamentos. Pois se você ama a Deus, não irá adorar outros deuses, respeitará Seu nome e fará de tudo para obedecê-lo. E se você ama seu irmão (seu próximo) não fará mal aos outros como matar, roubar, adulterar, desrespeitar, mentir, cobiçar, invejar...

Jesus é a Vida porque Ele te livra da morte espiritual que é ser escravo do inimigo na eternidade.

Se quiser ter uma vida melhor nesta terra e descansar com Deus reconheça que é um pecador, que Jesus é o seu Senhor e Salvador. Seja agradecido de coração por esse amor que Ele demonstrou por você e obedeça a Seus ensinamentos. Faça como Zaqueu, arrependa-se e corrija-se.

“Jesus entrou em Jericó e estava atravessando a cidade. Morava ali um homem rico, chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores de impostos. Ele estava tentando ver quem era Jesus, mas não podia, por causa da multidão, pois Zaqueu era muito baixo. Então correu adiante da multidão e subiu numa figueira brava para ver Jesus, que devia passar por ali. Quando Jesus chegou àquele lugar, olhou para cima e disse a Zaqueu:
- Zaqueu, desça depressa, pois hoje preciso ficar na sua casa.
Zaqueu desceu depressa e o recebeu na sua casa, com muita alegria. Todos os que viram isso começaram a resmungar:
- Este homem foi se hospedar na casa de um pecador!
Zaqueu se levantou e disse ao Senhor:
- Escute, Senhor, eu vou dar a metade dos meus bens aos pobres. E, se roubei alguém, vou devolver quatro vezes mais.
Então Jesus disse:
- Hoje a salvação entrou nesta casa, pois este homem também é descendente de Abraão. Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar quem está perdido.” (LUCAS 19 v. 1-10)

Jesus deve ser amado como irmão e respeitado como Filho do Deus Todo-Poderoso. O nome de Jesus deve ser respeitado, porque além de ser o Filho do Deus Vivo, Ele nos ama, sofreu por nós e mesmo estando sentado ao lado direito de Deus não deixa de interceder por nós pecadores. Por isso respeite o nome de Jesus não fazendo piadas e não dizendo bobagens, referindo-se a pessoa Dele sem o devido respeito.

Qual o significado de aceitar Jesus?

Para a igreja significa você se tornar um membro. Mas o verdadeiro significado é seguir o Seu exemplo: ser humilde, misericordioso, bondoso, honesto, respeitador, tratar a todos com educação e não viver de acordo com a natureza humana. Pois quando você declara que Jesus é o seu Senhor, você está declarando que deve obediência a Ele, por isso você deve obedecer aos Seus ensinamentos. Quando você reconhece Jesus como seu Salvador, você está reconhecendo que Ele te tirou das mãos de satanás e mostrou o caminho que leva a Deus. Por isso você deve colocar em prática o que Ele ensinou para não se desviar do caminho de Deus.

Agora reflita irmão: você aceitou Jesus como seu Senhor e Salvador?

Muitos pastores tornam o ato de aceitar Jesus uma obrigação, pois começa a jogar indiretas para as pessoas e acaba pressionando-as. O ato de aceitar Jesus deve ser uma decisão de livre e espontânea vontade, vindo de dentro do seu coração.

Hoje o que mais vemos nas igrejas são pessoas crentes orgulhosas, que tratam os não-crentes sem respeito e que dão péssimos exemplos. Isso significa que não reconheceram Jesus como seu Senhor e Salvador. Pois não têm nenhum respeito por Ele nem obedecem ao que Ele ensinou.

Siga o exemplo do Mestre Jesus Cristo: seja humilde, tenha amor no coração e deixe o Espírito Santo de Deus comandar sua vida.

Alegre o coração de Deus e de Jesus; mostre que Ele não se sacrificou em vão.

Quando você faz algo de bom para alguém, gostaria que a pessoa reconhecesse o que você fez. É isso que Deus e Jesus esperam de você: que reconheça tão grande amor.

“Dificilmente alguém aceitaria morrer por uma pessoa que obedece às leis. Pode ser que alguém tenha coragem para morrer por uma pessoa boa. Mas Deus nos mostrou o quanto nos ama: Cristo morreu por nós quando ainda vivíamos no pecado. E, agora que fomos aceitos por Deus por meio da morte de Cristo na cruz, é mais certo ainda que ficaremos livres, por meio Dele, do castigo de Deus. Nós éramos inimigos de Deus, mas Ele nos tornou Seus amigos por meio da morte do Seu Filho. E, agora que somos amigos de Deus, é mais certo ainda que seremos salvos pela vida de Cristo. E não somente isso, mas também nós nos alegramos por causa daquilo que Deus fez por meio do nosso Senhor Jesus Cristo, que agora nos tornou amigos de Deus.” ROMANOS 5 v. 7-11)

Não seja orgulhoso por saber que poderás ser salvo. Seja agradecido a Jesus e faça coisas que o façam merecedor de ser reconhecido por Ele no Grande Dia.

Que Deus o abençoe!

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS