TESTEMUNHO

Ao longo de nossas vidas precisamos, como servos de Deus, aprender a amá-lo, respeitá-lo e obedecê-lo. Mas no caminho encontramos obstáculos e dificuldades que com oração e obediência aprendemos a superar. E tudo o que passamos na vida nos serve de experiência para evoluirmos espiritualmente. Essas experiências podem ser contadas para as pessoas para ajudá-las,pois assim como elas enfrentam dificuldades, nós também já enfrentamos.

O testemunho é isso: é falar sobre o que vivemos antes e depois de conhecermos Deus; é contar o que já vivemos de bom ou de ruim; é contar as experiências vividas para que nosso testemunho sirva de exemplo aos nossos irmãos, para mostrar que Deus ajuda e orienta quem deseja servi-lo e que Ele sempre nos alerta dos problemas causados pela desobediência.

Na Bíblia há muitos testemunhos de pessoas que venceram depois das dificuldades que passaram e também testemunhos de pessoas que se perderam no caminho.

Sansão recebeu de Deus uma força extraordinária e assim nenhum homem poderia derrotá-lo. O fato de não cortar os cabelos era um ato de entrega a Deus. E Deus quis fazer disso a fonte da força de Sansão. Mas na verdade o que dava forças a Sansão de fazer o que nenhum outro homem poderia fazer vinha do Espírito Santo de Deus e de sua fidelidade a Deus. Então quando Sansão decidiu confiar em Dalila e lhe contar seu segredo, Sansão desobedeceu a Deus e foi ferido pelos filisteus.

Nós, como servos de Deus recebemos Dele dons e conselhos, mas por causa da desobediência não seguimos os conselhos de Deus e não usamos nossos dons como deveríamos.

Então, meus irmãos, aprendam a ouvir Deus; recebam de coração os conselhos e os ensinamentos Dele para que sua vida seja abençoada e que seus dons sejam usados para ajudar o próximo.
“E Sansão orou ao Senhor, dizendo:
- Ó Senhor, meu Deus, peço que lembres de mim. Por favor, dá-me força só mais esta vez. Deixa que eu, de uma só vez, me vingue dos filisteus, por terem furado os meus olhos.
Então agarrou as duas colunas do meio, que sustentavam o templo. Com a mão direita numa coluna e a esquerda na outra, jogou todo o seu peso contra elas e gritou:
- Que eu morra com os filisteus!
Em seguida deu um empurrão com toda a força, e o templo caiu sobre os governadores e todas as outras pessoas. E assim Sansão matou mais gente na sua morte do que durante a sua vida.” (JUÍZES 16 v. 28-30)

Assim nós, em oração podemos clamar a Deus e lhe pedir aquilo que precisamos para enfrentar nosso inimigo espiritual.

Com certeza não era assim que Deus queria que terminasse, mas Ele nos dá livre arbítrio e por causa de nossa desobediência nos desviamos dos caminhos, mas no momento em que nos arrependemos e pedimos em oração, Ele vem nos socorrer.

José quando dá seu testemunho aos seus irmãos, ele conta que mesmo depois de tanto sofrimento Deus lhe deu a vitória, tornando-o governador do Egito para que assim pudesse ajudar seu povo e sua família.
“E José disse:
- Cheguem mais perto de mim, por favor.
Eles chegaram, e ele continuou:
- Eu sou o seu irmão José, aquele que vocês venderam a fim de ser trazido para o Egito. Agora não fiquem tristes nem aborrecidos com vocês mesmos por terem me vendido a fim de ser trazido para cá. Foi para salvar vidas que Deus me enviou na frente de vocês. Portanto, não foram vocês que me mandaram para cá, mas foi Deus. Ele me pôs como o mais alto ministro do rei. Eu tomo conta do palácio dele e sou o governador de todo o Egito.” (GÊNESIS 45 v. 4-5, 8)

O testemunho de Daniel em não obedecer a ordens dadas naquela época para obedecer a Deus lhe causou algo que nenhum ser humano pode imaginar hoje: estar dentro de uma cova de leões crendo que o Deus ao qual ele servia poderia salvá-lo daquela situação. E assim Deus fez.
“Então o rei mandou que trouxessem Daniel e o jogassem na cova dos leões. E o rei disse a Daniel:
- Espero que o seu Deus, a quem você serve com tanta dedicação, o salve.
Trouxeram uma pedra e com ela taparam a boca da cova. O rei selou a pedra com o seu próprio anel e com o anel das altas autoridades do reino, para que, mesmo no caso de Daniel, a lei fosse cumprida ao pé da letra.
De manhã, cedinho, ele se levantou e foi depressa até a cova dos leões. Ali, com voz muito triste, ele disse:
- Daniel, servo do Deus vivo! Será que o seu Deus, a quem você serve com tanta dedicação, conseguiu salvá-lo dos leões?
Daniel respondeu:
- Que o rei viva para sempre! O meu Deus mandou o Seu Anjo, e este fechou a boca dos leões para que não me ferissem. Pois Deus sabe que não fiz nada contra Ele. E também não cometi nenhum crime contra o senhor.
O rei, muito alegre, mandou que tirassem Daniel da cova. Assim ele foi tirado, e viram que nenhum mal havia acontecido com ele, pois havia confiado em Deus.” (GÊNESIS 45 v. 4-5, 8)

Meus irmãos, por tão pouco deixamos nossa fé enfraquecer. Nosso Deus e Pai tem nos dado a oportunidade de conhecê-lo através dessa obra do site e do livro Eu Sou Quem Sou. Então vamos nos esforçar para aprender a nos aproximarmos Dele e receber as bênçãos espirituais que Ele tem para nós.

Deus mandou que Jonas fosse à cidade de Nínive para profetizar sua destruição se o povo continuasse a fazer o que era errado. Mas Jonas se recusou a ir porque sabia que se ele os alertasse, o povo poderia obedecer e sua profecia de destruição não aconteceria.
“Quando o rei de Nínive soube disso, levantou-se do trono, tirou o manto, vestiu uma roupa feita de pano grosseiro e sentou-se sobre cinzas. Mandou também anunciar ao povo da cidade o seguinte: ‘Esta é uma ordem do rei e dos seus ministros. Ninguém pode comer nada. Todas as pessoas e também os animais, o gado e as ovelhas estão proibidos de comer e beber. Que todas as pessoas e animais vistam roupas feitas de pano grosseiro! Que cada pessoa ore a Deus com fervor e abandone os seus maus caminhos e as suas maldades! Talvez assim Deus mude de idéia. Talvez o seu furor passe, e assim não morreremos!’
Deus viu o que eles fizeram e como abandonaram os seus maus caminhos. Então mudou de idéia e não castigou a cidade como tinha dito que faria.
Por causa disso, Jonas ficou com raiva e muito aborrecido.
Então orou assim:
- Ó Senhor Deus, eu não disse, antes de deixar a minha terra, que era isso mesmo que ias fazer? Foi por isso que fiz tudo para fugir para a Espanha! Eu sabia que és Deus que tem compaixão e misericórdia. Sabia que és sempre paciente e bondoso e que estás sempre pronto a mudar de idéia e não castigar.” (JONAS 3 v. 6-10 / 4 v. 1-2)

Jonas não estava vendo aquela situação da maneira certa, pois Deus o enviou para salvar aquelas pessoas. Mas por falta de misericórdia e de sua dureza de coração ele ficou cego e achava que passaria por mentiroso se Deus não destruísse a cidade.

Nós muitas vezes temos esse costume de não querer obedecer a Deus dando desculpas disso ou daquilo. Meus irmãos, se Deus manda você fazer algo é porque será o melhor para você e para seu próximo.

Deixe de fugir e de se esconder de Deus e reconheça de coração que o que Ele quer para você é o melhor e que Sua misericórdia é infinita.
“Então o Senhor Deus fez crescer uma planta por cima de Jonas, para lhe dar um pouco de sombra, de modo que ele se sentisse mais confortável. E Jonas ficou muito satisfeito com a planta. Mas no dia seguinte, quando o sol ia nascer, por ordem de Deus um bicho atacou a planta, e ela secou. Mas Deus perguntou:
 - Jonas, você acha que está certo ficar com raiva por causa dessa planta?
Jonas respondeu:
- É claro que tenho razão para estar com raiva e, com tanta raiva, que até quero morrer!
Então o Senhor Deus disse:
- Essa planta cresceu numa noite e na noite seguinte desapareceu. Você nada fez por ela, nem a fez crescer, mas mesmo assim tem pena dela! Então Eu, com muito mais razão, devo ter pena da grande cidade de Nínive, onde há mais de cento e vinte mil crianças inocentes e também muitos animais!” (JONAS 4 v. 6-7, 9-11)

Davi era muito amado por Deus, mas tudo aquilo que ele fez de errado, ele teve que pagar um preço. Mas o que Deus se agradava em Davi é que ao perceber que estava errado ele se humilhava diante de Deus pedindo o seu perdão.

Davi era um rei, mas se colocava diante de Deus como um servo humilde e pedia o Seu perdão e o Seu amor com muitas orações descritas no livro de Salmos.
“Ó Deus, salva-me porque estou na água até o pescoço! Estou atolado num lamaçal muito fundo, não tenho onde apoiar os pés. Entrei em águas profundas, e a correnteza quase me afoga. Estou rouco de tanto gritar por socorro, e a minha garganta está ardendo. Os meus olhos estão cansados, esperando que Tu, meu Deus, venhas me socorrer. Os meus pecados não estão escondidos de Ti, ó Deus; Tu sabes como tenho sido tolo.
Porém eu, ó Senhor Deus, faço a minha oração a ti. Ó Deus, responde-me quando achares por bem, pois me amas muito! Salva-me como prometeste. Não me deixes afundar na lama. Livra-me dos meus inimigos e das águas profundas da morte. Não deixes que as ondas me cubram. Não permitas que eu me afogue em águas profundas, nem que seja engolido pela sepultura. Ó Senhor Deus, Tu és bom e amoroso; responde-me e vem me ajudar, pois é grande a Tua compaixão.” (SALMOS 69 v. 1-3, 5, 13-14, 16)

Muitos hoje, se colocam diante de Deus como santos, como seres humanos poderosos que têm o direito de exigir de Deus o que bem entendem. Coitadas dessas pessoas que agem dessa forma quando estiverem diante do Deus Pai Todo-Poderoso.

Assim como fazia Davi, nós devemos reconhecer nossos erros e suplicarmos a Deus Seu perdão e Seu amor.

Todos os testemunhos descritos na Bíblia nos servem de exemplo para que possamos fortalecer nossa fé e para que o amor seja aperfeiçoado em nós.

Quando nos aproximamos de Deus podemos perceber o quanto somos privilegiados com Seu amor e Sua proteção. E aquilo que recebemos de bom Dele deve ser usado para dar bom exemplo, para que as pessoas tenham um bom testemunho de nós.

Compartilhar as experiências que você teve com Deus pode ser de grande ajuda para quem ainda não conhece nosso Deus e Pai, para quem ainda não acredita que Ele é um Deus vivo que pode interferir diretamente na vida delas. Por isso Deus nos ensina e nos corrige para que possamos levar conhecimento para os irmãos que estão precisando.

No testemunho dado nas igrejas as pessoas deveriam contar como era sua vida antes da conversão e os novos rumos que tomaram após aceitar Jesus como Senhor e Salvador. O problema é que isso se tornou um meio de ganhar dinheiro. Hoje é comum vermos pessoas gravando cds e dvds para vender com seus testemunhos. E muitas dessas pessoas dizem cheias de orgulho que o que estão fazendo é para ajudar os outros. O testemunho não pode ser vendido, pois se é para ajudar seus irmãos (seu próximo) tem que ser dado de graça. Mas infelizmente, tudo o que as pessoas fazem é visando dinheiro e não para ajudar o próximo. 

Hoje o que mais vemos são pessoas dando testemunhos da mudança em suas vidas e agindo da mesma forma do passado.

Um rapaz se preparou a semana inteira para dar seu testemunho na igreja, pois o pastor havia feito propaganda, colocando uma faixa enorme na entrada da igreja, dizendo que fulano ex-viciado ia dar seu testemunho. Chegou o dia e a igreja estava lotada. O rapaz contou seu testemunho e vendeu vários cds. No outro dia ele se drogou e agrediu sua própria mãe. Os vizinhos que a socorreram perguntaram: “Esse rapaz ontem deu seu testemunho na igreja. O que foi que aconteceu para ele agir assim?”

O que aconteceu é que foi contado um testemunho, mas não houve a mudança. Muitos falam cheios de orgulho que eram viciados, bandidos ou que fizeram muitas coisas erradas achando normal, pois do modo que falam vemos que não houve o arrependimento: só se tornaram crentes. E isso é muito ruim, pois nossos erros devem ser vistos com arrependimento e não com orgulho, pois se uma pessoa não sente vergonha do que já fez de errado é porque não houve arrependimento. Vocês subestimam o inimigo, pois quando uma pessoa dá um testemunho sem a autorização de Deus, só para se engrandecer, satanás entra em ação para desmascarar essa pessoa. Por isso só dê um testemunho quando Deus tocar no seu coração e para ajudar seu irmão. E faça isso com humildade.

Que o testemunho da sua vida sirva para saber que você já errou, já aprendeu e que ainda tem muito a aprender e não para se sentir santo diante das pessoas. Se Deus te livrou da bebida, das drogas, dos crimes, das maldades, da falação da vida dos outros, da mágoa, da tristeza, do medo, da depressão... que tudo seja exemplo para melhorar cada vez mais sua conduta diante de Deus e das pessoas e para ajudar aqueles que ainda estão aprendendo.

Esse deve ser o nosso testemunho: quem nós éramos antes de conhecer Deus e quem nós somos hoje aprendendo a colocar em prática aquilo que Ele nos ensina. E o mais importante é que as pessoas darão bons testemunhos a respeito de você, assim como os seguidores de Jesus fizeram com Ele durante Sua vida e após a Sua morte. Ninguém tinha nada de mau para falar de Jesus, muitos tentaram, mas não conseguiram encontrar falhas em Seu comportamento diante de Deus e das pessoas.

O testemunho de um cristão é seu bom exemplo de vida, pois assim as pessoas que te conheceram no passado poderão perceber sua mudança e aquelas que te conhecerem hoje verão sua maneira de agir. Preste atenção no que disse Jesus: 
“- Se Eu dou testemunho a favor de Mim mesmo, então o que digo não tem valor. Mas existe outro que testemunha a Meu favor, e Eu sei que o que Ele diz a respeito de Mim é verdade.” (JOÃO 5 v. 31-32)

Assim nós não podemos falar uma coisa e agirmos de maneira diferente. Porque dessa forma nosso testemunho não terá valor. Precisamos agir e falar como Deus, o nosso Pai, tem nos ensinado, com respeito e amor pelo próximo. 

Ser testemunha é ver coisas acontecerem e contar para os outros o que vimos e vivemos. Sendo assim cada um de nós somos testemunhas do que Jesus pode fazer de bom, pois passamos por situações que Ele nos ajudou a levantar e seguir em frente. E também precisamos ler a Bíblia para que tenhamos conhecimento dos testemunhos que foram dados, das mensagens e conselhos que foram deixados para nós, para que dessa forma sejamos testemunhas dos feitos de Deus e daqueles que o obedeceram, para que assim possamos passar isso adiante.

Aprenda mais no livro EU SOU QUEM SOU nos capítulos SOU NOVA CRIATURA e A HIPOCRISIA DO SER HUMANO.

Que Deus o abençoe!

 

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS