A TRISTEZA DE DEUS

“Criei filhos e cuidei deles, mas eles se revoltaram contra Mim.’” (ISAÍAS 1 v. 2)

Por que nosso Deus e Pai está triste?
- Porque o ser humano que Deus criou com tanto amor e perfeição se tornou mau, egoísta e interesseiro, pois só busca a ajuda de Deus quando está em dificuldade. Mas depois se esquece completamente o que Deus fez e tem feito por ele.
- Porque aqueles que deveriam ensinar Suas Leis e Seus mandamentos, estão ensinando o povo a ser cobiçoso, orgulhoso e a se sentir superior aos outros.
- Porque aqueles que deveriam honrar Seu santo Nome, estão usando para ficarem ricos.
- Porque aqueles que deveriam dar bons exemplos como servos de Deus de honestidade, fidelidade, amor e respeito ao próximo, estão servindo de maus exemplos envergonhando o nome de Deus.
- Porque a maioria dos que estão na igreja não ama e não respeita a Ele, só o busca para realizar os desejos da natureza humana.
- Porque a cobiça em ter tudo que agrada aos olhos tem levado o ser humano a ser mau com seu irmão. Pessoas roubam, matam, estupram, mentem, enganam e fazem de tudo para realizar os maus desejos da natureza humana.
- Porque homens com desejo pelo poder têm levado nações a desgraça; juízes corruptos tem favorecido o mal em vez de lutar para que o bem prevaleça.
- Porque aqueles que deveriam ensinar as pessoas a voltarem para Deus, assim como Jesus Cristo ensinou, estão afastando elas cada vez mais do Criador, com ensinamentos que vem da natureza humana e dos demônios.
- Porque está vendo famílias sendo destruídas dentro e fora das igrejas.
- Porque o homem e a mulher não têm exercido o papel que Deus designou para eles.

Todo homem deveria ser o pastor de sua casa, pois o Senhor o designou como o cabeça da família: o homem deveria ensinar seus filhos a ter respeito pelos mais velhos, obedecer seus professores, tratar a todos com educação, ter responsabilidade em casa ajudando sua mãe nas tarefas, a assumir seus erros para que se torne um adulto responsável e provedor de sua família. Mas o homem se afastou de Deus se entregando aos vícios, as farras, as luxúrias e aos maus desejos da natureza humana.

No passado o homem tinha responsabilidade com a sua família, ensinava os filhos a ser responsáveis, assumirem seus erros, a serem homens de verdade, por isso os filhos e a esposa o respeitavam. Mas o que vemos hoje são filhos rebeldes, sem amor e respeito pelos pais: rapazes e moças sem responsabilidade, preguiçosos, sem educação e que não respeitam ninguém.

A mulher que Deus criou para ser ajudadoura não tem exercido o seu papel de boa mãe e boa esposa. Não quer assumir a responsabilidade de criar e educar seus filhos: umas criam de qualquer jeito deixando fazerem tudo que querem, outras jogam na creche mesmo sem precisar trabalhar, só para não ter perturbação. Estão estressadas, mandam no homem, estão tão envolvidas com o que a mídia diz, que não percebem o que estão fazendo com a sua família. Muitas vivem preocupadas com a beleza, cabelo, botox, cirurgias plásticas e tudo isso para quê? Para mostrar para as outras, porque infelizmente, tudo o que o ser humano faz, não é para seu bem estar e sim para mostrar para os outros. Muitas têm morrido por causa da vaidade e mesmo assim as outras continuam querendo fazer.

Quando o ser humano deixa de obedecer ao Criador, acaba caindo nas mãos do inimigo e passa a fazer tudo de ruim que ele ensina. Desde a criação do mundo que as mulheres têm sido enganadas e hoje continuam do mesmo jeito. Tudo isso porque a mulher rejeitou o papel de ajudadora que Deus designou para ela e assim como o homem se perdeu no mundo que é pura ilusão. Só que ambos se esquecem que vão prestar contas ao Criador pelas vidas que trouxerem ao mundo.

Se os pais são o espelho dos filhos, em quem essa geração vai se espelhar? No que ensina a mídia? A maldade tomou conta até das crianças: por não ter que as ensine, fazem tudo que vêem. E nem tudo que vêem é bom. E assim as crianças têm sido uma presa fácil para os demônios. O Deus Pai Todo-Poderoso fica muito triste ao ver o que Ele criou se destruindo num mundo dominado por demônios.

O homem está mau e perverso, pior do que nos tempos de Noé, pois naqueles tempos Deus ainda não tinha enviado Seu filho Jesus Cristo. Hoje temos os ensinamentos que o nosso Senhor deixou para seguirmos, mas por causa dos maus desejos da natureza humana, o ser humano não dá atenção aos ensinamentos de Deus. Assim a humanidade vem sofrendo com o castigo por desprezar o Deus Pai Todo-Poderoso. Todos os que desobedecem ao Criador sofrem as consequências.

Como um pai nesta terra fica triste em ver seus filhos tomarem caminhos errados, assim nosso Pai e Criador se entristece com o desrespeito e a falta de interesse em obedecê-lo. Desde que Deus criou o mundo, a maioria dos seres humanos só lhe têm trazido tristeza. Poucos foram os que lhe serviram com amor e respeito. E hoje continua do mesmo jeito: os seres humanos só sabem escolher o que é mau, por isso vivem sofrendo e sendo enganados num mundo de ilusão; pensam que são sábios, mas são tolos e cegos; estão andando num caminho de escuridão, um caminho que não tem volta, pois aquele que está guiando não deixa que eles vejam o que estão fazendo de errado e também não deixa que acreditem que existe um Deus que pode salvá-los.
“Eles não podem crer, pois o deus mau deste mundo conservou a mente deles na escuridão. Ele não os deixa ver a luz que brilha sobre eles, a luz que vem da boa notícia a respeito da glória de Cristo, o qual nos mostra como Deus realmente é.”
(II CORÍNTIOS 4 v. 4)

A maldade e o ódio tomaram conta do coração dos seres humanos, por isso não crêem que existe um Deus que tudo vê e tudo sabe e é a Ele que teremos de prestar contas de tudo que fizermos tanto bem quanto mal e também muitos não crêem que existe outra vida, acham que após a morte tudo se acaba. Estão enganados! Pois todo o mal que você faz nesta terra vai pesar no dia que você partir daqui, dependendo do que você fez, o lugar onde você vai passar a eternidade não será nada bom. Pense bem nisso se quiser ir para um bom lugar depois que partir desta terra.

O Deus Pai Todo-Poderoso, por amor a humanidade enviou Seu único Filho para nos libertar das mãos do inimigo e ensinar o caminho de volta a Pátria Celestial. Mas o que fizeram com o filho de Deus? Crucificaram Ele. Mataram um homem inocente e libertaram um homem mau. E hoje continua assim: aqueles que deveriam defender os que são humanos, defendem os que são desumanos, os que não têm misericórdia do seu próximo, os ladrões, os assassinos, os corruptos, os perversos...

O Pai, o Deus Todo-Poderoso está muito triste com a raça humana. Ele não quer tomar a mesma decisão que tomou no tempo de Noé. Mas se os seres humanos não pararem de fazer o mal que andam fazendo, com certeza a correção divina virá. Por isso pare de fazer o que é mau e procure fazer coisas que agradem ao Pai: ame e respeite seu irmão.

O Deus Todo-Poderoso deixou uma Lei, e essa Lei governa todo o universo: quem fizer o mal receberá o mal, que fizer o bem receberá o bem. Deus não é como os pais humanos que vêem seus filhos fazendo o mal aos outros e não os corrigem. Mesmo as pessoas sendo más, o Deus Todo-Poderoso tem mandado pessoas ensinar o que é bom.
“Você vai abrir os olhos deles a fim de que eles saiam da escuridão para a luz e do poder de Satanás para Deus. Então, por meio da fé em Mim, eles serão perdoados dos seus pecados e passarão a ser parte do povo escolhido de Deus.” (ATOS 26 v. 18)

Porém, poucos são os que ouvem e colocam em prática os conselhos do Deus Todo-Poderoso.

Nosso Pai fica triste conosco quando vê que aquilo que Ele nos traz é desprezado e trocado por coisas deste mundo:

- Ele deu a Adão e Eva o privilégio de morar num paraíso. Mas eles deram ouvidos a satanás e desobedeceram ao Criador: por mais que a fruta parecesse boa, eles deveriam ter se firmado na ordem que Deus lhes deu. Assim nós como Seus servos devemos obedecer a Deus quando Ele nos fala que não devemos assistir novelas, programas tolos, falar palavrões, freqüentar certos lugares... pois desta forma estaremos sendo fiéis ao Pai e alegrando Seu coração.

- Deus fez de Saul o rei de Israel, mas o orgulho lhe cegou e por isso não fazia o que Deus lhe ordenava.
Nós, como servos do Deus Altíssimo, não podemos nos orgulhar por aquilo que Ele nos dá, nem nos sentirmos melhores que os outros, porque assim os demônios junto com nossa natureza humana nos cegam e nos desviam das ordens e das vontades de Deus.

- Deus deu a Salomão riquezas e sabedoria, mas Salomão abandonou Deus para satisfazer desejos de suas mulheres estrangeiras. Por isso se perdeu no caminho. Se deixou ser influenciado por pessoas que não amavam ao Deus Eterno e faziam coisas que eram contra Sua Lei. Deus havia avisado, mas como se desviou do caminho, Salomão terminou sua vida triste e amargurado por ver que desperdiçou o que Deus lhe deu para seguir costumes maus daquela época.
“Mas, se você e o seu povo deixarem de Me seguir, se desobedecerem às leis e aos mandamentos que lhes dei e se adorarem e servirem outros deuses, então Eu os arrancarei da terra que lhes dei. E também abandonarei este Templo, que separei para ser o lugar onde devo ser adorado. Aí todos os povos vão desprezar e zombar do Templo, que agora é tão glorioso. Todos os que passarem por perto dele ficarão chocados e perguntarão: ‘Por que foi que Deus fez isso com esta terra e com este Templo?’ E a resposta será: ‘Foi porque os israelitas abandonaram o Senhor, seu Deus, que tirou do Egito os antepassados deles. Eles seguiram outros deuses e os adoraram e os serviram. Foi por isso que o Senhor fez com que toda esta desgraça caísse sobre eles.’”
(II CRÔNICAS 7 v. 19-22)

Devemos ter muito cuidado com as influências deste mundo hoje. A mídia, as pessoas, as igrejas pregam muitas coisas erradas que fazem o povo pecar e se afastar cada vez mais de Deus. Estão todos cegos e desorientados se envolvendo com as coisas inúteis deste mundo e se esquecendo de Deus, o Criador.

- Deus libertou o povo de Israel da escravidão do Egito. Era algo que ninguém poderia imaginar de acontecer naquela época sem guerras ou destruição. Eles foram libertos apenas com a ordem do Deus Todo-Poderoso, para que Ele mostrasse Seu poder aquele povo. As Escrituras contam em várias passagens que durante o tempo que passaram no deserto nada faltou ao povo de Israel. Mas o povo, dominado por demônios da insatisfação juntamente com a natureza humana, reclamavam de tudo, do calor, da falta de água, de comida, de problemas no caminho e de qualquer coisa que aparecesse ao invés de se reuniram, orar e pedirem soluções a Deus.

Meus irmãos, que os nossos corações sejam agradecidos a Deus. Devemos renovar nossas vidas e termos ações que tragam alegria ao coração do Pai bondoso e misericordioso que nós temos. Devemos nos espelhar em Jesus Cristo que com amor e humildade obedeceu a Deus e trouxe os ensinamentos para nos salvar.

“Enquanto Pedro estava falando, uma nuvem brilhante os cobriu, e dela veio uma voz, que disse:

- Este é o Meu Filho querido, que Me dá muita alegria. Escutem o que Ele diz!” (MATEUS 17 v. 5)

A alegria que trazemos ao coração de Deus, Ele nos retorna com tudo de bom que podemos receber Dele. Mas a tristeza de Seu coração, causa o sofrimento do ser humano, porque se afastam de Deus e ficam a mercê da maldade que reina neste mundo. Cuidado para que nenhum de vocês se desviem do caminho dando atenção a mídia, a redes sociais ou aos próprios demônios tentadores. Que nenhum de vocês se perca por causa do orgulho ou das ilusões. Vigiem e orem para que Deus possa lhes orientar no caminho de volta a Pátria Celestial, porque é isso que Ele deseja para Seus servos.

“- O filho respeita o pai, e o escravo respeita o seu senhor. Se Eu Sou o pai de vocês, por que é que vocês não Me respeitam? Se Eu Sou o seu senhor, por que não Me temem? Vocês Me desprezam, mas mesmo assim perguntam: ‘Como foi que Te desprezamos?’”
(MALAQUIAS 1 v. 6)

Que Deus os abençoe!

©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS